Depois de 39 dias, ocupação real de leitos fica abaixo de 100% em Curitiba | Jornal Plural
22 jun 2021 - 22h03

Depois de 39 dias, ocupação real de leitos fica abaixo de 100% em Curitiba

A cidade continua cerca de 1250 pacientes Covid-19 internados em leitos de UTI ou enfermaria. Número de óbitos, porém, aumentou

Desde o dia 19 de junho Curitiba tem menos pacientes suspeitos ou com diagnóstico confirmado de Covid-19 internados ou na fila por leitos do que unidades de internamento disponíveis. É a primeira vez em 39 dias que isso acontece. Neste período, a capital teve um déficit médio de 273 leitos hospitalares e cerca de 307 paciente em média aguardando vaga para internação todos os dias.

O cálculo de ocupação real de leitos é realizado pelo Plural com base nas informações da Secretaria de Estado da Saúde de pacientes Covid-19 internados em leitos exclusivos para a doença, em leitos comuns e os que estão na fila aguardando internação.

Apesar da boa notícia, Curitiba ainda tem apenas 47 leitos livres, em média, por dia, entre UTIs e enfermaria. Todos os dias a cidade soma quase 1.250 pessoas com Covid-19 internadas. E o número de novos casos permanece na casa dos 800 por dia, com redução de apenas 2% nos últimos 15 dias. O número de mortes pela doença por semana, no entanto, aumentou 4,5% no mesmo período e chegou a 187 óbitos em 7 dias.

No Paraná como um todo, há sete dias o déficit de vagas está abaixo de 1.000. Nesta terça, dia 22, faltam 109 leitos de hospital. A ocupação permanece acima de 100%, mas numa tendência de baixa com redução na fila de pacientes aguardando leitos.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias