Curitiba tem 255 novos casos de Covid-19 confirmados | Jornal Plural
23 jun 2020 - 17h21

Curitiba tem 255 novos casos de Covid-19 confirmados

Acréscimo total foi de 266 casos, mas onze deles são de pessoas que já se recuperaram

ATENÇÃO! A divergência entre dados municipais e estaduais acontece pois não há um sistema integrado das informações. Além disso, os critérios de divulgação da Secretaria da Saúde do Paraná e da Secretária Municipal de Saúde são diferentes. Mais detalhes em breve.

Nesta terça-feira (23/6), Curitiba chegou aos 3.298 casos confirmados de Covid-19, são 266 novos casos que tiveram resultado positivo para a infecção pelo coronavírus. No entanto, 96% deles – cerca de 255 exames – detectaram o vírus, os outros 11 exames são de pessoas que fizeram testes rápidos de farmácia, e entram na conta dos casos recuperados.

Houve, também dois óbitos, somando 116 vítimas residentes da cidade. Morreram: uma mulher, sem comorbidades, que estava internada há pouco mais de uma semana; e um homem de 60 anos que tratava um câncer em estágio avançado. Outros 277 pacientes estão atualmente internados em hospitais da cidade: 92 são casos graves, que estão em UTIs.

A cidade registra também 1.886 pessoas que se recuperaram da doença, 2.671 casos descartados, e 437 suspeitos. Vale lembrar que a maior parte dos casos que estão sendo investigados são de pessoas que estão internadas com quadros respiratórios.

A secretária municipal de saúde, Márcia Huçulak, voltou a reforçar que em Curitiba o perfil das transmissões acontece entre pessoas de uma mesma família. Segundo Huçulak, é comum que membros da família tenham sintomas leves, ou fiquem assintomáticos, e acabem transmitindo para familiares em visitas ou dentro de casa. “Procure se isolar, caso tenha um quadro respiratório. […] Especialmente se você trabalha com comércio, em constante contato com pessoas”, disse a secretária.

“Independente de ter sintomas, hoje o momento não é de abraços e beijos”, disse a médica infectologista, Marion Burger, ao falar que o ideal é que as famílias não compartilhem itens que tenham secreção respiratória (como toalhas, escovas de dente, entre outros itens). Burger citou casos de óbitos investigados em que a família do falecido testou positivo para a infecção, mas apresentou sintomas leves.

Quanto às bandeiras e o lockdown na cidade, a médica disse que a medida não resolve o problema do vírus: “Lockdown é uma medida necessária quando os indicadores nos mostrarem isso. […] Ele precisa ser feito naquele momento em que o sistema de saúde não suporta mais um aumento maior de casos”, afirmou.

No Paraná

No informe epidemiológico desta terça-feira (23/6), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou 725 novos casos da Covid-19 e mais 27 óbitos pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná chega a 15.673 casos e 487 mortos em decorrência da doença. O boletim informa oito ajustes de municípios de residência de casos já confirmados.

Nesta terça-feira, 493 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São 383 em leitos SUS (151 em UTI e 232 em leitos clínicos/enfermaria) e 110 em leitos da rede particular (42 em UTI e 68 em leitos clínicos/enfermaria). Há outros 899 pacientes em UTI e de enfermaria que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

Os 27 pacientes que faleceram, registrados no informe desta terça-feira, estavam internados. São dez mulheres e 17 homens, com idades que variam de 39 a 90 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 16 e 23 de junho. Dos pacientes que foram a óbito, sete residiam em Curitiba. São registrados dois óbitos em cada um dos municípios de Campo Largo, Clevelândia, Londrina, Maringá, São José dos Pinhais e Toledo. Também houve um falecimento em cada uma das cidades de Apucarana, Cambé, Cascavel, Goioxim, Mandaguari, Paiçandu, Pinhais e Telêmaco Borba.

332 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Brasilândia do Sul, Ouro Verde do Oeste e Pérola do Oeste registraram casos pela primeira vez. Em 119 municípios há óbitos pela doença.

O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 180 casos de residentes de fora. Onze pessoas foram a óbito.

Um caso confirmado no dia  22 de junho em Cascavel foi transferido para Santa Tereza do Oeste; um caso confirmado dia 25 de maio, em Curitiba, foi transferido para Campo Largo. Um caso confirmado dia 20 de junho, em Rondon, foi transferido para Londrina e uma confirmação feita dia 21 de junho, em Cianorte, foi transferida para Japurá. Também houve transferência de caso confirmado dia 19 de junho, em Cianorte, para São Tomé. Também no dia 19 de junho, um caso confirmado em Coronel Vivida foi transferido para Clevelândia. Um caso confirmado igualmente no dia 19 de junho, em Curitiba, foi transferido para São José dos Pinhais, e um caso confirmado dia 21 de junho em Borrazópolis foi transferido para Maringá.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias