Curitiba também suspende aulas presenciais | Jornal Plural
26 fev 2021 - 15h32

Curitiba também suspende aulas presenciais

Capital segue decreto estadual e volta ao ensino remoto após alta de casos e mortes por Covid-19

Na sequência ao decreto estadual, que suspendeu aulas presenciais em todas as escolas estaduais, públicas e privadas, a Prefeitura de Curitiba anunciou a volta ao ensino remoto também na Rede Municipal de Educação. Com isso, as aulas presenciais nas escolas municipais ficam suspensas e as atividades voltam a ser ofertadas à distância.

Elas serão transmitidas pela TV Escola Curitiba ou pelo Youtube. “Na semana que vem, teremos videoaulas específicas para os grupos A e B. Isso evita uma quebra no fluxo dos conteúdos que o estudante está acompanhando, pois há uma continuidade pedagógica”, diz a superintendente de Gestão Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (SME), Andressa Pereira.

Ela explica que alunos do Grupo A (presencial na primeira semana) assistem às videoaulas nos canais 4.2 (Rede Massa) e 9.2 (Paraná Turismo). Quem é do Grupo B (que iria para a aula presencial no dia 1º de março) deve seguir pelo canal 16.4 (TV Evangelizar).

“Tomamos todas as medidas para garantir um retorno seguro às salas de aula, mas a evolução da doença atingiu níveis elevados e agora nos cabe garantir o ensino de qualidade no formato remoto”, justifica a secretária municipal de Educação, Maria Sílvia Bacila.

Conforme mostrou o Plural, desde a retomada presencial de professores e funcionários de escolas, no início de fevereiro, as instituições já vinham registrando casos e surtos de coronavírus, o que obrigou muitas escolas e CMEIs a fecharem as portas antes mesmo da volta dos alunos. Também houve muitas denúncias sobre problemas na aplicação dos protocolos de segurança, como falta de água nas instituições de ensino e máscaras inadequadas.

Grade semanal

Com as mudanças, a Prefeitura reforça a grade curricular semanal para os alunos da Rede Municipal. As aulas são elaboradas e ministradas pelas equipes de professores da Secretaria Municipal da Educação com o seguinte cronograma:

Segunda-feira: Língua Portuguesa, Matemática e Educação Física;
Terça-feira: História, Arte, Direitos Humanos e Família ou Linhas do Conhecimento;
Quarta-feira: Ensino Religioso, Geografia, Práticas da Educação Integral;
Quinta-feira: Língua Portuguesa, Ciências, Educação Física;
Sexta-feira: Matemática, Língua Portuguesa, Robótica;
Sábado: Matemática (Adequação Metodológica), Língua Portuguesa (Adequação Metodológica) e Literatura.

Para estudantes do 6º ao 9º ano do Fundamental, e também do Ensino Médio, o material é produzido e disponibilizado pelo Governo do Paraná, que suspendeu as aulas presenciais em escolas, cursos técnicos e universidades estaduais, públicas e privadas.

Além disso, novas medidas restritivas foram decretadas para tentar conter o avanço rápido da pandemia no Estado, que tem hospitais lotados e com falta de vagas para internações. Os números de casos e mortes pela Covid-19 bateram novos recordes nesta semana.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias