Curitiba mantém índice crescente de confirmações e óbitos de Covid | Plural
17 jun 2020 - 18h14

Curitiba mantém índice crescente de confirmações e óbitos de Covid

Foram 71 infecções ativas detectadas nas últimas 24 horas, e cinco óbitos

Nesta quarta-feira (17/6) Curitiba segue registrando números altos de confirmações e óbitos: hoje foram 114 novos casos (sendo 71 casos ativos, e 43 que já se recuperaram, confirmados por testes de farmácia), e cinco óbitos. A cidade soma agora 2.489 confirmações e 94 mortes em decorrência da Covid-19.

Foram a óbito duas mulheres e três homens entre 67 e 90 anos. Todas as mortes aconteceram entre o dia 15 de junho e a madrugada desta quarta-feira. Há ainda 191 pacientes internados, 73 em UTI.

No Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) divulgou nesta quarta-feira (17/6) 529 novos casos e mais 22 óbitos pela Covid-19. O Paraná soma 11.085 confirmações da doença e 386 mortos em decorrência do novo coronavírus. Um caso confirmado em 13 de junho em Adrianópolis foi transferido para Cotriguaçu (MT).

Hoje, há 348 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19. Destes, 243 pacientes estão em leitos SUS (113 em UTI e 130 em leitos clínicos/enfermaria) e 105 em leitos da rede particular (38 em UTI e 67 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outras 893 pessoas em leitos UTI e enfermaria que aguardam resultados de exames. Elas estão nas redes pública e particular e são consideradas casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

A secretaria estadual informa a morte de mais 22 pacientes. Todos estavam internados. São dez mulheres e 12 homens, com idades que variam de 15 a 92 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 10 e 17 de junho. Os pacientes que morreram residiam: sete em Curitiba; cinco em Cascavel; três em Rolândia; dois em Fazenda Rio Grande. Houve um óbito nos municípios de Almirante Tamandaré, Assaí, Cornélio Procópio, Londrina e São José dos Pinhais.

No Paraná, 311 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Bom Sucesso, Diamante D’Oeste e Formosa do Oeste, registraram casos pela primeira vez. Em 112 municípios há óbitos pela doença.

O monitoramento da secretaria estadual registra 140 casos de pessoas que foram diagnosticadas no Paraná, mas não moram no Estado. Destas, oito foram a óbito.

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira (17) 529 novos casos e mais 22 óbitos pela Covid-19. O Paraná soma 11.085 confirmações da doença e 386 mortos em decorrência do novo coronavírus. Um caso confirmado em 13 de junho em Adrianópolis foi transferido para Cotriguaçu (MT).

INTERNADOS – Nesta quarta-feira (17), há 348 pacientes internados com diagnóstico confirmado de Covid-19. Destes, 243 pacientes estão em leitos SUS (113 em UTI e 130 em leitos clínicos/enfermaria) e 105 em leitos da rede particular (38 em UTI e 67 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outras 893 pessoas em leitos UTI e enfermaria que aguardam resultados de exames. Elas estão nas redes pública e particular e são consideradas casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 22 pacientes. Todos estavam internados. São dez mulheres e 12 homens, com idades que variam de 15 a 92 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 10 e 17 de junho.

Os pacientes que morreram residiam:

Sete em Curitiba; cinco em Cascavel; três em Rolândia; dois em Fazenda Rio Grande. Houve um óbito nos municípios de Almirante Tamandaré, Assaí, Cornélio Procópio, Londrina e São José dos Pinhais.

MUNICÍPIOS – No Paraná, 311 cidades têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Bom Sucesso, Diamante D’Oeste e Formosa do Oeste, registraram casos pela primeira vez. Em 112 municípios há óbitos pela doença.

FORA DO ESTADO – O monitoramento da secretaria estadual registra 140 casos de pessoas que foram diagnosticadas no Paraná, mas não moram no Estado. Destas, oito foram a óbito.

A secretaria estadual reforça que os municípios têm critérios diferentes de confirmação de casos e, por isso, pode ocorrer divergência de números. A secretaria informa, ainda, que os dados são consolidados na gestão estadual, mas os municípios encaminham as informações para as regionais, que repassam para o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), na Sesa.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.
0 0 voto
Article Rating
Subscribe
Notificação
guest
0 Comentários
Comentário no texto
Ver todos

Assuntos:

Últimas Notícias

0
Adoramos ouvir você, deixe seus comentáriosx
()
x