Curitiba estende horário de shoppings e comércios de rua | Jornal Plural
4 ago 2020 - 1h31

Curitiba estende horário de shoppings e comércios de rua

Nos fins de semana, Prefeitura mantém restrições para tentar conter avanço do coronavírus

Escadas rolantes shoppings-Jess Carvalho

A Capital do Paraná terá pelo menos mais uma quarentena de fim de semana, já que as medidas de restrições para o funcionamento de atividades e serviços foram prorrogadas até o dia 10 de agosto. Sábado e domingo, poucos podem abrir. Durante a semana, no entanto, a Prefeitura decidiu estender o horário para shoppings e comércios de rua.

Estas são as únicas mudanças do novo decreto municipal (990), que passam a valer a partir desta terça-feira (4). O texto prorroga todas as determinações do decreto anterior (940). Com isso, continuam proibidas de funcionar diversas atividades não essenciais, como bares, clubes, eventos, práticas esportivas coletivas, atividades físicas aquáticas, praças e parques. Restaurantes, lanchonetes, academias e salões de beleza continuam permitidos.

Shoppings poderão voltar a funcionar até às 22h, com abertura somente às 12h. Os comércios de rua podem atender das 10h às 20h. Ambos, apenas de segunda a sexta-feira. O horário de entrada dos trabalhadores deve ser o mesmo da abertura dos estabelecimentos. Conforme mostrou o Plural, muitas lojas fazem os funcionários chegar mais cedo, o que resulta em super lotação do transporte coletivo.

Os ônibus devem continuar com apenas 50% da capacidade de lotação, assim como hotéis e pousadas. Procedimentos cirúrgicos eletivos (não urgentes) permanecem suspensos em Curitiba, que se mantem na Bandeira Laranja, ou seja, situação de alerta para risco médio da Covid-19.

Nesta segunda-feira (3), o Paraná registra 79.984 mil pessoas infectadas por coronavírus, sendo 2.028 óbitos por Covid-19. Em Curitiba, são 20.950 contaminados e 598 mortos pela doença.

A fiscalização dos decretos é feita pela Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, que só em julho realizou 53 mil orientações a pessoas que descumpriam as regras de combate ao coronavírus. Neste caso, as multas previstas vão de R$ 232 a R$ 8,3 mil, além da cassação de alvará.  

Veja os detalhes sobre o novo decreto municipal.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias