19 jan 2022 - 17h18

Curitiba começa a vacinar crianças sem comorbidades nesta quinta 

Aplicação da primeira dose acontece de forma escalonada por data de nascimento

Nesta semana, além de completar um ano do início da campanha de vacinação contra a Covid-19, Curitiba inicia a aplicação da primeira dose em crianças sem comorbidades. A convocação acontecerá de forma escalonada, sendo chamadas na quinta-feira (20) crianças nascidas entre 1º de janeiro e 30 de junho de 2010, e na sexta (21) aquelas nascidas entre 1º de julho e 31 de dezembro de 2010. 

O atendimento para as crianças está sendo feito em 10 unidades de saúde exclusivas, que funcionam das 8h às 17h. Confira os endereços no site Imuniza Já, na aba “Locais de vacinação”.

Segundo estimativas da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), há cerca de 20 mil crianças nessa faixa etária. A ampliação para novos grupos depende da chegada de mais imunizantes pediátricos. Nesta terça-feira (18), a SMS recebeu 10.700 doses da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (Sesa).

Nesta quinta e sexta-feira também poderão receber a primeira dose as crianças que já foram convocadas e não puderam comparecer na data. 

Orientação

Para agilizar o fluxo da vacinação, a secretaria orienta para que os responsáveis façam o cadastro prévio da criança no Aplicativo Saúde Já. Crianças acompanhadas pelo SUS de Curitiba já estão cadastradas. 

No dia da vacinação é necessário que a criança esteja acompanhada de um familiar ou responsável para a assinatura do termo de consentimento.

Também devem ser apresentados documento de identificação com foto da criança e comprovante de residência em nome do responsável. 

Crianças acamadas

Equipes da SMS continuam vacinando as crianças acamadas, mediante agendamento. Aquelas que estão acamadas em leitos do SUS Curitibano terão a primeira dose agendada a partir de um contato telefônico da secretaria com os familiares. 

Aquelas que são atendidas pela rede privada devem fazer o cadastro via Aplicativo Saúde Já Curitiba ou pelo site, escolhendo a opção “Paciente Acamado”. Quem optar pelo aplicativo deve atualizar a versão do software nas lojas virtuais para plataformas Android ou iOS.

Recomendações

A vacina contra a Covid-19 para crianças não deve ser aplicada de forma simultânea com imunizantes para outras doenças. A recomendação é de seja dado um intervalo de 15 dias.

Crianças que testaram positivo para a doença devem aguardar um intervalo de 30 dias após a data de início dos sintomas para receber o imunizante.

Cronograma de vacinação das crianças

  • Quinta-feira (20): nascidas entre 1º de janeiro e 30 de junho de 2010;
  • Sexta-feira (21): nascidas entre 1º de julho e 31 de dezembro.

Com informações da Prefeitura de Curitiba

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

Últimas Notícias

Bolsonaro não concluiu 84% das obras da transposição do Rio São Francisco, como alega vídeo

É enganosa a afirmação de que Jair Bolsonaro (PL) entregou 84% das obras da Transposição do rio São Francisco. Apesar do presidente ter retomado 222 km que haviam sido retirados do projeto original por administração anterior, a execução da obra atravessou outras três gestões federais que, juntas, entregaram mais de 90% da infraestrutura do empreendimento, considerando a extensão inicial – de 477 km

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds