14 jan 2022 - 15h27

Curitiba começa a aplicar quarta dose da vacina contra a Covid

Vacinação terá início na próxima segunda-feira para pessoas imunossuprimidas

Na próxima segunda-feira (17), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Curitiba começa a aplicar a quarta dose da vacina contra o Sars-COV-2. O primeiro grupo a receber o imunizante é o de pessoas imunossuprimidas que já completaram quatro meses de intervalo da dose de reforço (terceira dose).

A medida, que faz parte da norma técnica do Ministério da Saúde, determina que pessoas que realizam quimioterapia para câncer, pacientes em hemodiálise, pessoas com imunodeficiência primária grave, HIV ou AIDS e transplantados já podem receber a quarta dose do imunizante. 

Segundo estimativa da SMS, 5.222 pessoas estarão elegíveis para receber a dose extra na próxima semana. São pessoas imunocomprometidas com 18 anos ou mais que receberam a terceira dose entre 17 e 23 de setembro (veja o cronograma abaixo).

De acordo com o Ministério da Saúde, a decisão de recomendar uma segunda dose de reforço (quarta dose) para pessoas imunocomprometidas foi motivada por novas evidências científicas que apontam uma tendência à redução da efetividade das vacinas contra a covid-19 com o passar do tempo. 

Essa quarta dose amplifica a resposta imunológica, oferecendo maior proteção, especialmente para a população com algum tipo de imunossupressão, que pode já não apresentar uma resposta vacinal adequada.

A recomendação do órgão é que para a dose extra deverá ser utilizada preferencialmente a vacina da Pfizer. De maneira alternativa, poderá ser aplicada vacina da Janssen ou AstraZeneca.

Convocação

Conforme a pasta, as pessoas elegíveis para receber a quarta dose da vacina receberão uma mensagem pelo aplicativo Saúde Já, informando a data da aplicação. Quem não puder comparecer, poderá buscar os pontos de vacinação para receber o imunizante na repescagem contínua.

No dia, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade, das 8h às 17h, levar um documento de identificação com foto, CPF e apresentar a convocação. Como os locais de vacinação podem sofrer alterações de acordo com o público estimado para receber vacina a cada dia, a SMS orienta que antes de procurar uma unidade, a população deve conferir as que farão a aplicação no site Imuniza Já.

Cronograma

  • Segunda-feira (17/01): imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 19 de setembro;
  • Terça-feira (18/01): imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 20 de setembro;
  • Quarta-feira (19/01): imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço dose até 21 de setembro;
  • Quinta-feira (20/01): imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 22 de setembro;
  • Sexta-feira (21/01): imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 23 de setembro.

Com informações da Prefeitura de Curitiba

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso que PT seja responsável por drone que lançou produtos químicos em Minas Gerais

É falso que drone que lançou produtos químicos em evento de Lula e Alexandre Kalil em Minas Gerais foi contratado pelo Partido dos Trabalhadores (PT). Em vídeo, pastor diz que investigação da Polícia Civil apontou que equipamento pertencia a uma empresa de propaganda e que operador disse à polícia que imagens seriam usadas na propaganda petista. O caso é apurado pelo Ministério Público Federal (MPF), que desmentiu a versão

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds