Conviva melhor durante a pandemia | Jornal Plural
Clube Kotter
27 maio 2020 - 15h43

Conviva melhor durante a pandemia

UFPR oferece gratuitamente materiais didáticos sobre convivência familiar, especial para quem está com crianças e adolescentes na quarentena

Acordar cedo, arrumar o filho para a escola, dar o café da manhã, arrumar-se, deixar a criança no colégio, ir para o trabalho. De segunda a sexta-feira, a rotina da professora Manuele de Almeida Ribeiro, e do marido, é a mesma. Nos fins de semana, visitas na casa dos amigos e familiares. Com a pandemia, tudo mudou. Foi preciso explicar ao pequeno Murillo, de três anos, as mudanças e porque ele não pode visitar a avó e ir para a escola por um tempo.

“Com a pandemia a escola suspendeu as atividades desde a segunda quinzena de março. A nossa rotina é bastante agitada. Murillo gosta de dançar, cantar e que eu ou o pai estejamos junto com ele. Para mim tudo fica corrido, uma bagunça na cabeça”, comenta Manuele.

Se o distanciamento social tem sido complicado para adultos, o mesmo se aplica para crianças que, dependendo da idade, têm dificuldades para entender o que está acontecendo. A empresária Claudia Juliane Pacheco de Oliveira tem dois filhos, de três e um ano. Para contar a eles sobre a pandemia, foi necessário uma conversa explicando e passando todas as informações relevantes para a idade deles.

“O Joaquim entendeu muito bem. Ele sempre fala sobre o assunto, pergunta sobre as pessoas e também cobra quem não usa máscara ao sair. Quando precisamos sair, ele vai de máscara e fica o tempo todo com ela”, conta Claudia. Mesmo assim, passar o isolamento social com crianças é uma tarefa difícil. 

Pensando em apoiar a convivência familiar e orientar pais e educadores na resolução de conflitos durante a pandemia, a Universidade Federal do Paraná (UFPR) lançou o DIGA em Casa, um programa voltado a quem está cuidando de crianças e adolescentes nesta quarentena.

“Ele foi desenvolvido para que, mesmo à distância, possamos seguir cooperando com educadores e famílias, achando caminhos para promover o desenvolvimento positivo de crianças e adolescentes”, explica o coordenador do projeto, Josafá Moreira Cunha.

Murillo e Manuele durante as aulas on-line na quarentena. Foto: Arquivo Pessoal

O programa foi lançado no início de maio, pela internet. A ideia é que, a cada quinze dias, a equipe responsável pelo projeto lance um novo kit com novos materiais didáticos. “Para cada conteúdo que produzimos, fazemos uma pesquisa e entrevista com profissionais da área da Educação”, destaca o coordenador.

Gratuitamente, o DIGA em Casa disponibiliza materiais e oficinas online para famílias e educadores. “O apoio a escolas e famílias é nosso foco principal, e por este motivo os recursos estarão disponíveis gratuitamente para escolas de todo Brasil”, afirma Josafá.

Para conhecer o projeto e ter acesso aos materiais, acesse o site.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você clica aqui, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias