Conselho tutelar: confira os números da eleição que foi anulada | Plural
Fide 2019
8 out 2019 - 1h28

Conselho tutelar: confira os números da eleição que foi anulada

Dados apurados pelo Plural mostram em quais Regionais a disputa foi mais intensa

A corrida pelas cinco vagas de conselheiros tutelares em cada uma das dez regionais de Curitiba foi intensa. É o que mostram os dados apurados pelo Plural dos resultados da eleição que acabou anulada pelo Conselho Municipal de Direitos da Infância e Adolescência (Comtiba) no último dia 6 de outubro.

As informações tem base nos números divulgados durante a apuração dos votos, na sede da Fundação de Ação Social (FAS), no Campo Comprido, na noite do domingo, dia 6. E mostram que Bairro Novo, Santa Felicidade e CIC foram as regionais com mais disputa de votos entre os eleitos.

Na média, cada conselheiro que teria sido eleito se o pleito fosse mantido teve que conseguir 289,9 votos. Mas de regional para regional as diferenças foram grandes. Enquanto no Portão e no Tatuquara os escolhidos tiveram 241 e 238 votos em média, respectivamente, no Bairro Novo foram necessários 365 votos, uma diferença de mais de cem.

Já entre os suplentes, em três regionais a diferença na média de votos entre os que seriam eleitos e os suplentes foi superior a média de votos necessária para conseguir a suplência.

Uma das regionais que historicamente tinham poucos votantes, a Matriz, dessa vez teve dois de seus conselheiros que seriam eleitos entre os três mais votados. Angeline Olivet e Michel Urânia perderam apenas para Salete Costa, do Bairro Novo.

Na lista dos mais votados também estão conselheiros do Boa Vista, Santa Felicidade e CIC, Pinheirinho.

A diferença na disputa de regional para regional fez muita gente que seria eleita num, ficar na suplência em outra. É o caso de dois candidatos de Santa Felicidade, que tiveram mais votos que outros do Bairro Novo que seriam eleitos, mas ficaram como suplentes.

No total, mais de 27 mil pessoas votaram no dia 6, um aumento de 12% em relação ao comparecimento registrado em 2015. Mais de quatro mil votos que teriam sido registrados no Cajuru não foram contabilizados.

Como a eleição foi anulada, esses dados não tem efeito nenhum sobre o resultado do pleito. Os candidatos que constam como sem informação não apareceram na totalização dos votos durante a apuração. A Regional Cajuru não teve nenhum dado divulgado.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Assuntos:

Últimas Notícias