UFPR decide nesta segunda se mantém data do vestibular | Jornal Plural
21 fev 2021 - 14h39

UFPR decide nesta segunda se mantém data do vestibular

Especulações sobre adiamento surgiram neste domingo, após suspensão de concurso da Polícia Federal, organizado pela universidade

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) vai decidir nesta segunda-feiura (22) se mantém ou não a primeira fase do vestibular da instituição, marcada para o próximo domingo (28). As provas estavam marcadas para o ano passado, mas já foram adiadas em função da pandemia. O reitor Ricardo Marcelo Fonseca deve se reunir com as pessoas envolvidas na organização do vestibular para saber qual caminho tomar.

ATENÇÃO: Vestibular da UFPR é adiado

O vestibular da universidade, a maior do Paraná, passou a ser alvo de especulações neste domingo em função do adiamento em cima da hora do concurso da Polícia Civil do Paraná (PCPR). As inquietações têm a ver com o fato de a suspensão ter sido ditada pelo Núcleo de Concursos (NC) da UFPR, organizadora do processo da PCPR e que também é responsável pela aplicação das provas do vestibular da instituição.

O concurso para preencher 400 vagas da PCPR estava marcado para as 13h30 deste domingo, em dezenas de locais de Curitiba e Região Metropolitana, e serviria como uma espécie de termômetro para as provas da semana que vem. Mas ainda de madrugada, às 5h42, o NC publicou nota alegando questões de segurança e suspendeu a aplicação – o que pegou de surpresa os cerca de 106 mil concorrentes aos cargos de delegados, investigadores e papiloscopistas.

Segundo o departamento, diante da pandemia, a realização poderia colocar em risco “a integridade das avaliações e o tratamento isonômico dos candidatos, bem como a saúde e a biossegurança de todos os envolvidos na realização das provas”.

Nas redes sociais, uma enxurrada de críticas levou o assunto aos mais comentados da manhã. Paralelamente, questionamentos sobre a manutenção do vestibular na próxima semana também começaram a ser feitos.

“UFPR por favor, se for fazer isso no vestibular já avise agora. Pq dai eu tenho um tempo pra surtar [sic]”, diz uma vestibulanda. “@UFPR vai ter ou não vai ter vestibular semana que vem? Minha irmã quer saber”, pontua outra usuária, no Twitter. Em outro comentário, um estudante ressalta estar com receio das reservas já feitas na cidade. “Vendo toda essa polêmica da prova Da PCPR e lembrando que semana que vem é minha prova lá no Paraná também. O vestibular da UFPR. Espero que ocorra tudo certo, já comprei passagem e reservei hotel…”, diz o post.

De fato, sabe-se que a universidade usaria o concurso deste domingo como base para vestibular da semana que vem. A ideia era consertar possíveis falhas ou brechas que fragilizassem o protocolo de segurança contra a Covid-19 adotado para a aplicação das provas.

Apesar de 20% menor do que no ano anterior, o número de candidatos do processo seletivo deste ano da UFPR é alto: 30.734 – cerca de um terço do total de inscritos para as provas da PCPR.

A UFPR foi procurada, mas não respondeu à reportagem se a data do vestibular está mantida. Até agora, por causa da crise sanitária do coronavírus, a seleção para novos matriculados já teve que ser adiada por duas vezes.

No fim de janeiro, a universidade chegou a adiantar que, apesar de pontos ainda estarem em discussão, o comitê organizador já havia decidido que os portões seriam abertos mais cedo aos vestibulandos e que os alunos seriam distribuídos em mais locais de provas – o que deveria incorporar no esquema prédios de outras instituições de ensino.

Governo vai abrir processo

Na manhã deste domingo, o Governo do Estado do Paraná afirmou que vai abrir processo administrativo contra o NC por quebra de contrato. Conforme a Polícia Civil, a suspensão partiu de uma decisão unilateral, “sem qualquer notificação anterior”.

“Além de indenização no limite da Lei 8666/93, o processo poderá acarretar também o impedimento do NC-UFPR de contratar com o Governo do Estado do Paraná por dois anos”, diz a nota, por meio da qual o governo afirma “que toda a organização, inclusive as medidas de segurança que deveriam ser adotadas durante a prova, eram de responsabilidade o NC-UFPR, de acordo com o contrato firmado com a Polícia Civil”.

Ao longo desta semana, recursos jurídicos movidos por candidatos com base no cenário ainda bastante crítico da pandemia foram negados pela Justiça. No âmbito administrativo, o governo do Paraná e o NC-UFPR chegaram a responder negativamente orientação conjunta do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Defensoria Pública do Paraná (DPPR) para mudar a data do concurso, cujo edital foi lançado em maio do ano passado.

A suspensão de última hora gerou uma enxurrada de críticas. No Twitter, há relatos de quem chegou a viajar 20 horas de ônibus para fazer as provas da Polícia Civil em Curitiba.

Por causa da pandemia, a especulação no mercado de hospedagem explodiu. Como mostrou o Plural, alguns lugares divulgados aos candidatos de fora como sendo em Curitiba ficam a mais de 100 quilômetros de distância. Desde meados da semana passada, outros quartos ofertados já não estavam mais disponíveis nos hotéis para a data da prova, e o valor das diárias também subiu nos sites de busca: de R$ 150 para R$ 7 mil.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

2 comentários sobre “UFPR decide nesta segunda se mantém data do vestibular

  1. Muito triste comprei passagens de avião ida e volta da Bahia para Paraná e reservei hotéis e carro e agora que pagar isso ?
    É Brasil mesmo tudo pode

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias