Com 100% de ocupação real nos leitos, Paraná segue com medidas brandas contra Covid-19 | Jornal Plural
17 maio 2021 - 19h51

Com 100% de ocupação real nos leitos, Paraná segue com medidas brandas contra Covid-19

Novo decreto aumenta em uma hora toque de recolher e restringe comércios aos domingos; igrejas e escolas continuam abertas

Com a curva de casos de coronavírus subindo no Paraná e com ocupação real de 100% dos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) há uma semana, as novas regras estaduais contra o avanço da pandemia não modificam em grandes proporções o já adotado no último decreto e seguem com medidas brandas contra a Covid-19

Elas preveem uma hora a mais no toque de recolher e na comercialização e consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos, que será das 22h às 5h – antes das 23h às 5h. O decreto 7672/21 publicado nesta segunda-feira (17), pelo governador Ratinho Jr (PSD), proíbe a abertura de atividades não essenciais no domingo. Nos outros dias, elas seguem permitidas.

As mudanças valem até dia 31 de maio e se estendem para todos os municípios paranaenses. Nas cidades com regras mais restritivas, deve-se seguir o decreto municipal.  

“Estas medidas são necessárias porque estamos enfrentando um aumento dos casos positivos de Covid-19 no Paraná inteiro e também a ampliação da ocupação dos leitos, principalmente de UT. Ultrapassamos os 95% de ocupação e isso se traduz em dificuldade para os hospitais, equipes médicas e de enfermagem e para todo funcionamento do sistema”, diz o secretário estadual de Saúde do Paraná, Beto Preto.

Segundo ele, a pasta continuará acompanhando os dados epidemiológicos, mas “os óbitos continuam”, por isso é preciso continuar com todos os cuidados contra a doença.  

Bares, restaurantes, lanchonetes, shoppings, academias e comércio em geral podem continuar abertos de segunda a sábado, das 10h às 22h, com 50% de ocupação máxima. Aos domingos, está permitido apenas entrega.

Igrejas e templos religiosos podem receber fiéis com até 35% da ocupação permitida. As cerca de 200 escolas estaduais autorizadas a retomar as atividades presenciais seguirão abertas aos alunos, decidiu o governo.

“Continuam proibidas atividades que causem aglomerações, como casas de shows, circos, teatros e cinemas; eventos sociais e atividades correlatas em espaços fechados, como casas de festas, de eventos, incluídas aquelas com serviços de buffet; os estabelecimentos destinados a mostras comerciais, feiras, eventos técnicos, congressos e convenções; casas noturnas e correlatos; além de reuniões com aglomeração de pessoas, encontros familiares e corporativos.

Reuniões e encontros familiares e corporativos poderão ser realizados de segunda-feira a sábado desde que não ultrapassem o número de 50 pessoas, nos dias e horários estabelecidos pelo toque de recolher.”

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

2 comentários sobre “Com 100% de ocupação real nos leitos, Paraná segue com medidas brandas contra Covid-19

  1. Então, e as escolas que ainda não iniciaram ainda, podem abrir?
    Municípios como Castro não vai vacinar os funcionários da educação, somente os professores, nem direção nem pedagogos isso pode? segue decretos ou não segue decretos?

  2. Ratos, pai e filho, amigo do presidente coisa ruim, querem oq????
    Se morrer alguem do entorno deles, quem sabe aprendem com a dor.

    Coisas de RATOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias