Chuva causa estragos, mas não há feridos nem desabrigados | Plural
30 maio 2019 - 11h15

Chuva causa estragos, mas não há feridos nem desabrigados

Uma chuva intensa e com granizo assustaram moradores de Curitiba na manhã dessa quinta-feira. A tempestade causou estragos por toda cidade. A prefeitura Municipal atendeu…

Uma chuva intensa e com granizo assustaram moradores de Curitiba na manhã dessa quinta-feira. A tempestade causou estragos por toda cidade. A prefeitura Municipal atendeu desde as 6h da manhã 125 pedidos de lona por conta de destelhamentos. Cem semáforos amanheceram desligados (40 permaneciam fora de operação no fim da manhã). Segundo a prefeitura, não há feridos, desabrigados ou desalojados.

O Corpo de Bombeiros também teve bastante trabalho. Das 6 às 10 horas as equipes atenderam 37 ocorrências de destelhamento, queda de árvore e alagamento. Os bairros afetados com a queda de galhos foram Uberaba, Jardim das Américas, Santa Quitéria, Mercês, Hauer, Água Verde, Bigorrilho, Cajuru e Boa Vista.

No Santa Quitéria, na rua Major França Gomes, uma árvore caiu em cima de uma casa a venda. Segundo moradores, não é a primeira vez que isso ocorre na região. Um morador, que não quis se identificar, comentou que ele teve um prejuízo de 15 mil por conta da queda de uma árvore em sua casa.

“A prefeitura deveria me indenizar, mas até entrar na justiça para eles me pagarem eu gastarei muito mais. Eles tem funcionários, advogados, eu não.” O morador lesado questionou se não seria dever das prefeituras das cidades cuidar da saúde das árvores, para que suas quedas não sejam constantes e se não deveria ser o dever do Estado ressarcir todos os danos causados.

No Regional Boa Vista moradores buscam lona na Rua da Cidadania. No início do dia a Defesa Civil de Curitiba começou a distribuição de 4.200 metros de lona na cidade. Até 15h haviam sido distribuídos 3.100 metros. A Secretaria de Governo Municipal acaba de comprar mais 8.000 metros de lona para atender as famílias atingidas pela chuva.

De acordo com o Simepar, as rajadas de vento chegaram a atingir 80,6 km/h. Desde a madrugada até a manhã desta quinta-feira foram registrados 21,6 milímetros de chuva. Em algumas regiões da cidade também caiu granizo.

Duas escolas da rede municipal de ensino tiveram que suspender o atendimento, nesta quinta-feira (30/5), em razão dos transtornos causados pelo temporal. As aulas foram suspensas nas escolas Michel Khury e Rachel Mader Gonçalves, ambas na Regional Cajuru.

Por conta da falta de energia a Sanepar informou que o abastecimento foi interrompido nos bairros Cajuru, Guabirotuba, Jardim das Américas, Uberaba, Fazendinha, Portão, Santa Quitéria, Vila Izabel, Seminário, Água Verde, Novo Mundo, Capão Raso, Boqueirão, CIC, Fanny, Guaira, Hauer, Lindoia, Pinheirinho e Xaxim. Assim que a energia for restabelecida, o sistema de abastecimento volta a funcionar. A normalização ocorrerá de forma gradativa até a madrugada de sexta (31).

Assuntos:

Últimas Notícias