Paraná terá seu primeiro casamento coletivo LGBTI+ | Jornal Plural
Clube Kotter
23 out 2019 - 22h40

Paraná terá seu primeiro casamento coletivo LGBTI+

No próximo dia 25 de outubro, haverá atendimento para tirar dúvidas. Entrega de documentação acontece em novembro

Promovido pelo grupo Mães pela Diversidade, Curitiba receberá em 2020 o primeiro casamento coletivo LGBTI+ do Paraná. Embora a celebração por si só aconteça no próprio ano, a movimentação jurídica acontece já em 2019. Nesta sexta-feira (25), os interessados poderão tirar suas dúvidas em um atendimento único, presencial, que acontece das 9h às 13h.

Casais com renda conjunta de até três salários mínimos podem tentar uma das 20 vagas com gratuidade do procedimento. Nesses casos, a Defensoria Pública do Estado Paraná (DFE-PR) expedirá ofício ao cartório de registro civil. A seleção se dará pela ordem de entrega da documentação completa, que acontece no dia 22/11. Casais com renda conjunta acima dos três salários mínimos poderão participar, desde que arquem com os custos cartorários.

A ideia, segundo a psicóloga e mãe pela diversidade Denise Villarinho, é dar mais visibilidade ao movimento, dado o contexto político atual. “Essa população existe, essas famílias existem. Nós precisamos legitimar essas existências, porque não cabe mais vivermos esse preconceito”, explica. Ao realizar o casamento coletivo, o grupo não só celebra o amor, mas também um direito da comunidade LGBTI+.

A ação tem o apoio e a participação da DFE-PR por meio da Ouvidora da instituição; dos Núcleos de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (NUDEM) e da Cidadania e Direitos Humanos (NUCIDH); e da Associação Nacional pelos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (ANAJUDH).

Além do casamento civil, a proposta quer contar com uma celebração aos noivos. “A comunidade é merecedora dessa celebração. É simbólico lembrar que essa data é significava. Festejar um direito reconhecido”, salienta Denise. Para tanto, os idealizadores buscam possíveis patrocinadores e/ou parceiros. Além de colaborações monetárias, interessados podem ajudar com a oferta de serviços ou produtos, em troca de divulgação. O contato deve ser feito por meio do Mães pela Diversidade nacional, explicitando que o motivo do contato é o casamento coletivo no Paraná. Haverá, então, o direcionamento para a coordenadora da região.

Vale lembra que o Mães pela Diversidade é um grupo independente e suprapartidário, não sendo aceitos apoios ligados a políticos, partidos e afins.

Serviço
Atendimento aos interessados no casamento coletivo LGBTI+
Onde: Sede Central de Atendimento da DPE-PR, na rua José Bonifácio, 66 (Centro)
Quando: 25 de outubro (sexta-feira), das 9h às 13h

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias