28 jan 2022 - 12h11

Campanha arrecada dinheiro para ajudar famílias kaingangs voltarem para casa

Indígenas são de Nova Laranjeiras. Artesanato produzido por eles será a recompensa a quem participar da vaquinha

Uma campanha de financiamento coletivo está sendo feita pela internet, via plataforma kickante, para arrecadar recursos para ajudar famílias Kaingangs que estão vivendo em Curitiba a retornar para a Terra Indígena Rio das Cobras, em Nova Laranjeiras, a 328 km da capital. Cestos e outros artesanatos típicos do povo kaingang do Paraná serão a forma de agradecimento a quem participar da campanha.

As faixas de doação são de R$ 20, R$ 40, R$ 70, R$ 140 ou R$ 200. Quem participar receberá cestos, caneteiros, filtros dos sonhos, arco e flecha, chapéus, de diferentes cores e tamanhos. A campanha começou no dia 24, e se estende até 9 de fevereiro.

Os indígenas chegaram em Curitiba em dezembro de 2019, com o objetivo de comercializar os artesanatos, principal fonte de renda para a sua sustentação. Porém, com o fechamento da Casa de Passagem Indígena em março de 2020, as famílias ficaram sem abrigo, fazendo com que muitas tivessem que dormir na rua. A reabertura provisória ocorreu no início desse ano, mas o aumento de casos de Covid-19 e H3N2 tornou a comercialização nas ruas um risco. 

Participam da iniciativa a Associação de Cooperação Agrícola e Reforma Agrária (ACAP); Rede Mandala – Rede Paranaense de Economia Solidária Campo-Cidade; Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST); Cefuria – Centro de Formação Urbano Rural Irmã Araújo;  ABAI – Associação Brasileira de Amparo à Infância; Associação Paranaense do Ministério Público (APMP). Elas se uniram para arrecadar o valor referente a todo o artesanato que as famílias pretendiam vender em Curitiba. Parte do valor já foi levantado e repassado às famílias, e a campanha pretende reunir o restante. A ação busca evitar um surto de contaminação da população kaingang e ajudar o povo a retornar para casa.

Recompensas

As recompensas podem ser retiradas no Centro de Formação Urbano Rural Irmã Araújo, o Cefuria, Rua Desembargador Motta 2791, Bigorrilho, em Curitiba. Será necessário agendar a retirada via WhatsApp (41) 99711-1316 nos dias 5, 12, 19 e 26 de fevereiro, das 8h às 13h. Moradores de outras cidades devem entrar em contato pelo número para combinar o envio. O frete será calculado e cobrado à parte. O que não for retirado nos dias indicados acima serão destinadas à ABAI – Associação Brasileira de Amparo à Infância, de Mandirituba (PR).

Você pode acessar a campanha aqui

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds