Atendimento jurídico gratuito em Curitiba | Jornal Plural
18 jun 2020 - 15h28

Atendimento jurídico gratuito em Curitiba

Acompanhamento é remoto durante a pandemia. Núcleo de Prática Jurídica da Universidade Positivo atua nas áreas do Direito Penal, Previdenciário, Civil e de Família

Em tempos de coronavírus, muitos serviços de atendimento à população têm sido feitos de maneira remota. Em um novo formato para prestar assistência jurídica, o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Universidade Positivo (UP) tem o objetivo de garantir o acesso à Justiça para todos.

Os atendimentos são feitos por alunos do curso de Direito, sob supervisão de professores e advogados. A população pode solicitar auxílio jurídico gratuito por meio do e-mail, telefone ou pelo whatsapp. O NPJ faz esse trabalho em parceria com órgãos do Poder Judiciário, como o Tribunal de Justiça e a Justiça Federal do Paraná.

São quatro postos de atendimento em Curitiba, instalados nas sedes Ecoville e Santos Andrade, da Universidade Positivo, e nos Juizados Especiais Cíveis e Federais. O Núcleo de Prática Jurídica atua nas áreas do Direito Penal, Direito Previdenciário, Direito Civil e de Família. Orientações sobre pensão alimentícia e divórcio são as mais buscadas pela população.

Serviço:

Núcleo de Prática Jurídica Universidade Positivo

Residentes na Cidade Industrial e no Gabineto | Telefone ou whatsapp Business: 3317-3232 e [email protected]

Residentes no Centro e atendimento dos Juizados Especiais Cíveis (Ahú) | Telefone ou whatsapp business: 3526-6908 e [email protected]

Atendimento dos Juizados Especiais Federais | [email protected]

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “Atendimento jurídico gratuito em Curitiba

  1. Gostaria de me divorciar, não tenho filho com a parte e nem bens constituídos, estou em grande sofrimento por perseguição da ex-mulher e meu casamento nunca prosperou. Eu e o esposo não temos condições de pagar um advogado para realizar o Divórcio Concensual . Peço ajuda, pois não quero continuar casada com uma pessoa que só me trás sofrimento através da ex-mulher e ao invés de companheirismo e paz no relacionamento. Estou entrando em estado de depressão e muita angústia.

  2. Gostaria de me divorciar minha filha já tem 18 anos .já sou separada de corpos a 14 anos decidir me divorciar ex marido mora estado Rio de Janeiro fluminense Valença ele ñ tem bens NEI UM para compartilhar pq quero arruma minha vida comprá uma casa ñ quero ele tem direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias