Apesar de denúncias, Colombo mantém eleição de conselheiros | Jornal Plural
24 out 2019 - 22h34

Apesar de denúncias, Colombo mantém eleição de conselheiros

Conselho Municipal e MP dizem que não há provas para justificar nulidade da votação

Mesmo com pedido de nulidade do processo eleitoral, a votação para conselheiros tutelares está mantida em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) publicou nota oficial na qual encerra o processo eleitoral e reafirma que não foi constatada nenhuma irregularidade no processo de eleição nem na apuração dos votos.

De acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR), apesar de terem ocorrido diversas denúncias de irregularidades, não houve cancelamento das eleições para Conselho Tutelar em Colombo pois nada havia que justificasse um cancelamento.

As denúncias foram apresentadas por um grupo de candidatos, alguns eleitos, e falavam em falta de divulgação apropriada do pleito; problemas na retificação de editais (com dados oficiais repassados e modificados via whatsapp); fata de transparência no repasse de informações, além de apoio de membros do Executivo e do Legislativo na eleição de candidatos servidores. Foram relatados ainda problemas no transporte das urnas, na fiscalização da votação e na apuração dos votos.

A eleição em Colombo foi realizada no dia 06 de outubro e apresentou um aumento de 70% no número de eleitores, em comparação com a eleição anterior, em 2015. O número de candidatos também aumentou de 18 para 32 e houve ampliação no número de colégios eleitorais, de dois para seis.

Os candidatos que denunciaram o pleito afirmam que vão recorrer da decisão.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias