STJ manda soltar Beto Richa | Jornal Plural
31 jan 2019 - 0h00

STJ manda soltar Beto Richa

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, deferiu nesta quinta-feira liminar de habeas corpus em favor do ex-governador do…

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, deferiu nesta quinta-feira liminar de habeas corpus em favor do ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). Noronha também expediu uma ordem de salvo-conduto em favor de Beto e do irmão dele, José Richa Filho, para que não sejam presos cautelarmente na Operação Integração II.

Beto Richa havia sido preso novamente no dia 25 de janeiro na Operação Integração II, que investiga um esquema de desvios em contratos das concessionárias de rodovias do estado. Na decisão, o ministro apontou que não há fatos novos que justificassem a prisão do ex-governador.

O ex-governador é acusado de receber propinas de concessionárias de pedágio e de, em troca, dispensá-las de obras que eram exigidas nos contratos. O Ministério Público afirma que o esquema pode ter resultado em R$ 8,4 bilhões de benefícios ilícitos para as empresas, com dispensa de obras e superfaturamento das tarifas.

Os políticos, por outro lado, teriam acumulado R$ 35 milhões em propinas, segundo os procuradores afirmam em sua denúncia à Justiça Federal. Além de Beto, os procuradores pedem que a Justiça torne réus mais sete pessoas.

No caso de Beto, a investigação aponta que ele usou o filho, André Richa, e o contador, Dirceu Pupo, para comprar imóveis em dinheiro vivo com o que recebia irregularmente das empresas. Três imóveis teriam sido adquiridos dessa maneira. O ex-governador nega qualquer irregularidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias