Ratinho Junior passou 13% do primeiro ano de governo fora do país | Plural
25 nov 2019 - 23h39

Ratinho Junior passou 13% do primeiro ano de governo fora do país

Governador somou 43 dias de ausência em quatro viagens ao exterior, indo à China, à Europa e aos Estados Unidos

Desde que assumiu o governo do Paraná, Ratinho Jr. (PSD) fez quatro viagens ao exterior, totalizando 43 dias fora do Brasil. Apenas uma das saídas consta no relatório do portal da transparência.

A primeira viagem, para os Estados Unidos, aconteceu em fevereiro e durou 17 dias. O tempo foi dividido entre a agenda oficial – encontros com empresários e startups de agronegócio – e a particular. O governador arcou com todos os custos e determinou o desconto dos dias do subsídio mensal.

Em abril, foi a vez visitar a China a convite do embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming. Ratinho Junior participou do 22º Congresso Mundial de Dragagem, em Shangai, e de reuniões com representantes do Fundo de Investimentos Brasil-China, ausentando-se do país por sete dias.

Depois de quase 3 meses na Terra Brasilis, voltou aos EUA por oito dias, a fim de promover o Paraná Day, encontro entre autoridades paranaenses, diplomatas, empresários e representantes de países interessados em investir no estado. Também realizou visitas técnicas, compareceu a eventos na Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York e encontrou com o embaixador brasileiro Enio Cordeiro.

Agora, Ratinho acaba de retornar de sua última viagem, que durou 11 dias. O governador embarcou para a Europa no dia 15 de novembro, passando pela Espanha e pela França. A agenda contou com visitas técnicas em Madrid, promoção do Paraná Day e, claro, almoço com o embaixador brasileiro na Espanha. Participou de atividades não especificadas, em Valência, e compareceu ao Smart City Expo World Congress, em Barcelona. Antes de voltar, esteve em premiação do Festival da Seda em Lyon.

Colaborou Rafaela Moura.

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Últimas Notícias