Protesto no Carrefour causa primeira briga entre líder de Greca e petista eleito | Jornal Plural
23 nov 2020 - 19h26

Protesto no Carrefour causa primeira briga entre líder de Greca e petista eleito

Pier Petruzziello criticou Renato Freitas por pichação; petista rebateu falando em corrupção

Antes mesmo da posse da nova legislatura, o que parece inevitável aconteceu. O líder do prefeito Rafael Greca, Pier Petruzziello (PTB) e um dos novos vereadores do PT, Renato Freitas, começaram a se desentender.

Pier é um antipetista ferrenho. E assim que saíram os resultados das eleições, cobrou no Twitter os eleitores que ficaram em casa e não compareceram às urnas. Para ele, foi a abstenção que permitiu o crescimento do PT de um para três vereadores.

Já nesse post Pier foi bastante criticado, e recebeu uma resposta irônica de Professora Josete (PT), que comentou com um tapa de luva, dando parabéns ao colega de Câmara pela reeleição.

Agora, Pier aproveitou uma foto divulgada pela imprensa de Renato Freitas pixando um toldo do Carrefour, em protesto contra o espancamento e morte de um homem negra na loja do mercado em Porto Alegre.

As respostas variaram de apoio ao líder de Greca a críticas pesadas. Uma delas do próprio Renato Freitas, que fez referência a denúncias recentes em que o nome de Pier foi mencionado.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

3 comentários sobre “Protesto no Carrefour causa primeira briga entre líder de Greca e petista eleito

  1. Sr.Pier, antes na base governista só alegrias né??
    Agora sentirá a força do PT, e a pretensão de ser deputado hummm, mixou.

  2. Esse píer é um capitão do Mato. Pendurado na opulência é defensor de racistas e fascistas. O Renato foi eleito, ainda não foi diplomado e não assumiu o cargo que o mandato lhe atribuiu. Quem tem que atuar é ele é deixar de ser sangue suga do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias