Oposição quer acabar com reeleição na Mesa Executiva da Alep | Jornal Plural
16 jul 2020 - 12h07

Oposição quer acabar com reeleição na Mesa Executiva da Alep

Comissão Executiva apresentou projeto de resolução que antecipa eleições para agosto

Os deputados de oposição da Assembleia Legislativa do Paraná informaram que vão apresentar, no segundo semestre, projeto de lei para acabar com a reeleição para a Mesa Diretora do Legislativo. A informação é do deputado Tadeu Veneri (PT), que conversou com o Plural sobre a intenção da Comissão Executiva de antecipar as eleições para comando do Legislativo.

Conforme antecipado pelo Plural, a Comissão Executiva da Alep apresentou, na sessão desta quarta-feira (15), projeto de resolução que prevê que as eleições da Mesa Diretora aconteçam no mês de agosto e não mais em 10 de outubro, como manda o regimento da Casa.

Veneri afirmou ao Plural que a antecipação da reeleição da Mesa Diretoria cria um “núcleo duro, quase de posse da Assembleia Legislativa”. Segundo ele, a mudança seria ruim para todos os deputados. “Não é conveniente para a Assembleia, com a antecipação você não tem um projeto para a Assembleia, acaba virando só uma extensão do governo”, diz o deputado.

A tendência, segundo fontes de dentro do Legislativo, é de que os atuais integrantes da Mesa sejam mantidos em seus cargos. Veneri lembrou que caso a mesma Comissão Executiva seja eleita para um novo mandato, a formação das comissões legislativas deve permanecer a mesma também. Contudo, o parlamentar defende que as reuniões aconteçam com um corpo de funcionários mais técnicos e não políticos.

Falta um mandato

A nova data para eleição da Mesa Diretora deve ser decidida por meio de votação dos deputados no plenário. Caso as previsões se confirmem, o atual presidente do Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB) terá o quarto mandato consecutivo no comando da Alep. Há quem diga que, assim como nas outras vitórias do tucano, a eleição deve ser feita com chapa única.

Se reeleito, Traiano estará completando oito anos na presidência da Alep. O tucano ficará apenas um mandato atrás do lendário Aníbal Khury, que presidiu a Assembleia Legislativa cinco vezes e foi primeiro-secretário da Casa em oito oportunidades.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias