7 maio 2022 - 15h25

A nossa tarefa é restaurar a democracia brasileira, diz Ciro Gomes em Curitiba

Pré-candidato a presidente pelo PDT participou do evento de filiação do ex-deputado Ricardo Gomyde


O pré-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) desferiu golpes contra esquerda e direita no começo da tarde deste sábado (7) durante o evento de filiação ao partido do ex-deputado federal Ricardo Gomyde, realizado em Curitiba.

Em seu discurso, Ciro acusou o presidente Jair Bolsonaro (PL) de agravar o desastre econômico e moral cuja responsabilidade ele atribuiu ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e aos governos petistas.

“Nossa tarefa é restaurar a democracia brasileira” afirmou Ciro que se disse convencido de poder chegar ao segundo turno nas eleições de outubro.

Segundo ele, cerca de 30% do eleitorado não se rende à polarização entre Lula e Bolsonaro e um outro 20%, que embora declare voto nos dois candidatos, pode mudar de ideia se aparecer uma terceira proposta viável.

Para construir essa alternativa, o pré-candidato disse que o partido está conversando em nível nacional com União Brasil e PSD, apesar dele reconhecer que esta aliança representaria uma contradição no Paraná onde o PDT faz oposição “respeitosa” ao governador Ratinho Junior (PSD).

“Em junho ou julho, a gente se encontra para ver se sou viável [como candidato a presidente]”, admitiu Ciro.

O pedetista afirmou que os sentimentos de “ódio e mágoa” contra o modelo econômico organizado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e levados adiante pelo PT, que elegeram Bolsonaro em 2018 são compreensíveis.

Mas os ataques mais duros de Ciro foram direcionados contra Lula que “promoveu uma corrupção generalizada, desastrou a economia, botou a Dilma [Rousseff na presidência] e fez um conchavo com [Michel] Temer”.

“Se [o brasileiro] votar no Lula de novo a sensação para os jovens é que o crime vale a pena”, criticou o pedetista.

Segundo ele, ao afirmar que divulgará o programa econômico só depois de eleito, Lula pratica o “populismo mais rasteiro”. Ciro cobrou do petista também explicações sobre a composição da chapa com o histórico rival do PT, Geraldo Alckmin (PSB).

Por fim, o pré-candidato esboçou algumas propostas de seu programa econômico como a retomada de obras públicas para fomentar o setor da construção civil e a reindustrialização forçada do país.

“Lulopetismo, fernandohenriquismo e bolsonarismo destruíram a capacidade de competir da indústria brasileira”, criticou ao usar como exemplo o fato de que 80% das peças da indústria automotiva do Paraná vêm de fora.

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Um comentário sobre “A nossa tarefa é restaurar a democracia brasileira, diz Ciro Gomes em Curitiba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

Post adultera áudio e mente ao afirmar que Lula foi xingado em Caruaru

É falso conteúdo publicado no Facebook afirmando que Lula foi hostilizado ao participar da festa junina em Caruaru, Pernambuco. A publicação sofreu edição com a introdução de um áudio com gritos de “ladrão”. No conteúdo original, o ex-presidente é aplaudido durante um ato político de um aliado em Uberlândia, Minas Gerais. No post, é tocado um jingle de pré-campanha eleitoral

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds