Deputados do Paraná votam em peso por perdoar a dívida de igrejas; veja a lista | Jornal Plural
Clube Kotter
10 set 2020 - 14h36

Deputados do Paraná votam em peso por perdoar a dívida de igrejas; veja a lista

Ao todo, 23 dos 30 parlamentares do estado consideram que templos religiosos têm direito a essa benesse na Receita Federal. Decisão será de Bolsonaro

A bancada de deputados federais do Paraná votou em peso a favor da emenda que quer o perdão de dívidas tributárias de igrejas na Receita Federal. Para 23 dos 30 parlamentares do estado, os templos religiosos têm direito a essa benesse, o “perdão” deve chegar à R$ 1 bilhão.

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) tem até sexta-feira (11) para sancionar a proposta do filho do missionário R. R. Soares, deputado David Soares (DEM-SP). A equipe econômica já recomendou veto ao dispositivo.

Resultado da Votação:

A favor do perdão da dívida:

Aliel Machado (PSB)

Aline Sleutjes (PSL)

Aroldo Martins (Republicanos)

Christiane Yared (PL)

Diego Garcia (Podemos)

Felipe Francischini (PSL)

Filipe Barros (PSL)

Giacobo (PL)

Hermes Parcianello (MDB)

Leandre (PV)

Luciano Ducci (PSB)

Luiz Nishimori (PL)

Luizão Goulart (Republicanos)

Paulo Eduardo Martins (PSC)

Pedro Lupion (DEM)

Ricardo Barros (PP) – Líder do Governo

Roman (Patriota)

Rubens Bueno (Cidadania)

Sargento Fahur (PSD)

Schiavinato (PP)

Sergio Souza (MDB)

Toninho Wandscheer (Pros)

Vermelho (PSD)

Contra o perdão da dívida:

Enio Verri (PT)

Gleisi Hoffmann (PT)

Gustavo Fruet (PDT)

Zeca Dirceu (PT)

Ausentes:

Boca Aberta (Pros)

Luisa Canziani (PTB)

Ney Leprevost (PSD)

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias