IPVA atrasado pode ser parcelado em até seis vezes na pandemia | Jornal Plural
Clube Kotter
22 jul 2020 - 18h30

IPVA atrasado pode ser parcelado em até seis vezes na pandemia

Projeto foi aprovado pelos deputados em menos de 24 horas

A Assembleia Legislativa do Paraná aprovou, por unanimidade, na sessão remota da manhã desta quarta-feira (22), o projeto permite o parcelamento, em até seis vezes, do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) que ainda não foi pago em 2020.

O texto foi aprovado em três votações e em menos de 24 horas. Com a aprovação, os donos de veículos que compraram carros até 31 de dezembro de 2019 podem solicitar o parcelamento do tributo até 17 de agosto desse ano. O custo mínimo de cada parcela é de R$ 106,60, em cada uma será incluída o valor da multa, juros e demais encargos fiscais.

Os parcelamentos podem ser pedidos no site da Secretaria Estadual da Fazenda do Paraná, o Detran vai emitir o licenciamento depois que a primeira parcela for paga. De acordo com o governo, o parcelamento pode ser suspenso no caso de atraso no pagamento de três parcelas sejam consecutivas ou não, valor de atraso equivalente a três parcelas e falta de pagamento das duas últimas parcelas ou do saldo residual, por prazo superior a 60 dias.

Até junho desse ano, a inadimplência do IPVA estava em 23% no Paraná, contra 20% no mesmo período no ano passado. O valor de R$ 860 milhões poderá ser parcelado pelo contribuinte.

Isenção de diárias

Outra medida aprovada foi a isenção do pagamento de diárias de veículos apreendidos nos pátios do Detran e da Polícia Militar (PM). A medida vale enquanto o atendimento do órgão está restrito por causa da pandemia. No caso dessa proposta, o texto ainda vai passar por correções antes de ser votado em redação final.

A isenção deve valer apenas a partir da segunda diária. Além disso, quem tiver quitado diárias entre 19 de março e a data de publicação da lei poderá solicitar reembolso junto ao Detran.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias