Waltel sai das boates para conhecer Piazzolla | Plural
Fide 2019
15 jan 2019 - 0h00

Waltel sai das boates para conhecer Piazzolla

No segundo trecho da biografia de Waltel Branco publicado pelo Plural, Felippe Anibal contra como o músico paranaense ganhou o mundo pela primeira vez.

Em 1955, a chegada da cantora cubana Lya Ray colocou Curitiba em polvorosa. Mulher exuberante, a “cantante” chamava a atenção não só por ser “exímia dançarina” – como descreviam os cronistas –, como por suas interpretações vívidas, que transitavam de boleros doloridos a rumbas e cha-cha-chás. De quebra, a latina ainda exibia um sorriso de deixar bobo qualquer espectador e, quando desfiava canções mais flamejantes, o fazia olhando para a plateia de tal forma de cada um pensava que era para si que ela cantava.

O conteúdo que você está tentando acessar só está disponível para membros. Desculpe.

Últimas Notícias