“Vida do livro” destrincha os processos do mercado editorial | Jornal Plural
9 jun 2020 - 9h01

“Vida do livro” destrincha os processos do mercado editorial

Em curso on-line gratuito, editor da Antofágica aborda as etapas necessárias para a publicação de uma obra, da ideia original até o contato com o leitor

O curso “Vida do livro” começou como uma iniciativa independente do editor Daniel Lameira em 2015. Cinco anos depois, para comemorar a décima turma, ele fará sua primeira edição on-line, gratuita e exclusiva para quem tem baixa renda, com 20 vagas disponíveis. Trata-se de uma oportunidade. Quando é pago, o curso custa R$ 800. As edições anteriores foram presenciais, no Rio de Janeiro ou em São Paulo.

Para participar, é preciso preencher um formulário no site e fazer uma carta de apresentação explicando por que você quer fazer o curso. Lameira, que é fundador da Antofágica e editor da Aleph, fará uma seleção a partir dos textos recebidos e contará com o bom senso das pessoas (ele não exige comprovantes de renda).

As inscrições terminam no dia 20 de junho e as aulas começam em julho, com encontros semanais sempre às quintas-feiras (nos dias 9, 16, 23 e 30), às 19h30, por meio do aplicativo Zoom.

As quatro aulas se dividem em: “Da ideia” (o ponto de partida para editar um livro), “Como fazer” (tradução, diagramação, capa, etc.), “Sobre conversar e vender” (que envolve o marketing e as redes sociais) e “O que vem depois?” (o futuro do mercado editorial).

Pelas sinopses das aulas, disponíveis na página do curso, fica evidente que Lameira tem uma relação com o mercado editorial que extrapola o comércio de livros. Ele gosta da coisa. Em entrevista ao Plural, por WhatsApp, perguntado sobre se sua postura é otimista ou pessimista em relação ao mercado nacional, Lameira diz que se considera “um crítico esperançoso”.

“Tenho críticas e uma admiração tremenda pela forma como o mercado se estruturou e trabalha, mas também tenho certeza de que as histórias são cada vez mais importantes e de que uma nova geração pode fazer a diferença”, explica.

Sobre o impacto da pandemia no mercado de livros, ele diz que tudo que o Brasil levaria uma década para enfrentar, o país está enfrentando em apenas um ano. “Vamos voltar tendo perdido quase um terço do poder de distribuição, com um domínio dos e-commerces e com a Amazon sendo o principal player das editoras que, agora, à força e atrasadas, terão de aprender a lidar com marketing digital, posicionamento de marca e questões que vão além da aposta livro a livro”, diz. “É um momento de reposicionamento e abertura de novas soluções e propostas que fogem da órbita antiga, construída em torno da distribuição massiva.”

Serviço

Vida do livro. Curso on-line com o editor Daniel Limeira. Edição gratuita e exclusiva para pessoas com baixa renda. São apenas 20 vagas. Inscrições até o dia 20 de junho. As aulas serão no dias 9, 16, 23 e 30 de julho, sempre às 19h30, por meio do aplicativo Zoom.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. São as assinaturas que nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias