Sebo de Curitiba vende livro de R$ 18 mil | Jornal Plural
Clube Kotter
15 jan 2019 - 0h00

Sebo de Curitiba vende livro de R$ 18 mil

Livraria de usados no Centro de Curitiba vende edição especial de tributo a Muhammad Ali autografada pelo boxeador. O repórter Victor Turezo contra outras raridades que encontrou nos sebos da cidade.

Você pode ter na cabeça a ideia de que sebos são lugares livros baratos e maltratados que passaram pela mão de outras pessoas, com dedicatórias implacáveis, preços colados na capa que não saem, cheiro de mofo e poeira, muita poeira.

A própria palavra sebo remete a coisas antigas e em mau estado de conservação. Há diversas explicações para o nome, mas a mais disseminada é que as obras usadas ficavam ensebadas, engorduradas e sujas com a passagem de mão em mão.

Mas sebos também são lugares para raridades: primeiras edições, livros autografados e volumes de colecionador a preços estratosféricos. Para ver como anda o mercado de raridades, o Plural visitou seis sebos no Centro de Curitiba e descobriu algumas raridades.

Livro proibido sobre Roberto Carlos pode ser encontrado por R$ 250.

Sebomania (Rua São Francisco, 308 – Largo da Ordem)

Livro Goat: a tribute to Muhammad Ali. Biografia ilustrada com a história do pugilista, borda das páginas banhadas a ouro e autografado com caneta por Ali. Edição número 7.369 de 20.000. Editora Taschen, 2001. Preço: R$ 18.000,00.

Roberto Carlos: em detalhes, de Paulo Cesar Araújo. Biografia não autorizada e recolhida das livrarias . Editora Planeta, 2006. Preço: R$ 250,00.

Livro Main Kampf (Mon Combat) – Minha Luta, de Adolf Hitler. Obra em francês. Edição de 1924. Preço: R$ 1.500,00.

Sebo Figaro (Rua Lamenha Lins, 62 – Centro)

Revista de cultura mensal Der Weg – El sendero, produzida por nazistas revisionistas que fugiram a Argentina. Editorial Dürer – Buenos Aires. Edições de 1947 até 1952. Preço: R$ 440,00.

Álbum com fotos originais de Lviv, cidade ucraniana, datadas de 1919 até 1939, presenteado à época ao governador do Paraná Manuel Ribas. Edição única. Preço: R$ 3.500.

Erico Verissimo, autor de O Tempo e o Vento.

Arcádia – Sebo e Café (Rua Treze de Maio, 601 – Centro)

Primeira edição do livro Paiquerê, de Romario Martins, autografado pelo autor. Edição de 1940. Preço: R$ 2.700.

Primeira edição do livro O Arquipélago – Terceira parte de O tempo e o vento –, de Erico Verissimo. Editora Globo, 1961. Preço: 400,00.

Sebo Líder II (Rua do Rosário, 53 – Centro)

Publicação Estylo Colonial Brasileiro – composições achitectonicas de motivos originais, de Feliberto Ranzini. Edição de 1927. Preço: R$ 700,00.

Fundição Indígena – catálogo de serralheria artística e moderna. Edição de 1914. Preço: R$ 500,00.

Helena Kolody: manuscrito por R$ 3 mil.

Sebo Kapricho (Rua Comendador Araújo, 462 – Centro)

Manuscrito original do livro Reika, de Helena Kolody, em caderno pautado. Escrito em 1993. Preço: R$ 3.000,00

Livro do Centenário do transporte coletivo de Curitiba (1887-1987). Fotos do acervo do fotógrafo Cid Destefani. Preço: R$ 499,00.

Sebo Leitura (Avenida Marechal Floriano Peixoto, 461 – Centro)

Livro Espumas Fluctuantes, de Castro Alves. Editora Nova Edição – RJ. Edição de 1897. Preço: R$ 200,00.

Publicação Historiographia Illstrada do Brasil. Edição de 1929. Preço: R$ 2.500,00.

Sebos não trabalham mais com obras raras

A reportagem visitou dois locais – Sebo Só Ler e Sebo Líder I – que não trabalham mais com obras raras. A justificativa é a de que não há muita procura. Outra coisa notada foi a de que a maioria dos sebos, agora, expõem livros em suas vitrines que são best-sellers em livrarias de maior porte. O preço, às vezes, é até maior do que o encontrado nas estantes das grandes lojas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias