O que Curitiba perde com o fechamento do Teatro da Caixa | Jornal Plural
16 dez 2020 - 17h13

O que Curitiba perde com o fechamento do Teatro da Caixa

Artistas se indignam com anúncio de possível fim do espaço cultural

O possível fechamento do Teatro da Caixa, anunciado em reportagem publicada nesta terça (15) pelo Plural, causou preocupação e revolta na classe artística de Curitiba. Políticos da cidade, como o ex-prefeito Gustavo Fruet (PDT) e o deputado estadual Goura (PDT), também anunciaram que vão tentar medidas para evitar o fechamento do local.

Um dos espaços culturais mais centrais da cidade, o Centro Cultural da Caixa, que inclui uma galeria e o teatro, deve ser desativado caso a Caixa Econômica Federal leve adiante seu plano de devolver o prédio, na Conselheiro Laurindo, transferindo a parte das atividades administrativas do banco que ficam ali para outro lugar.

Falando com produtores e artistas locais, o Plural ouviu as principais perdas que ocorrerão na cidade com o fechamento do teatro:

1- Programação de qualidade

O Teatro da Caixa já vinha diminuindo a atividade antes da pandemia. No entanto, antes disso tinha uma programação absolutamente regular. “A cada semana, havia um espetáculo – às vezes de quinta a domingo, às vezes só no fim de semana. Mas toda semana tinha alguma coisa, não falhava”, diz Edran Mariano, produtor cultural. “Tinha gente que ia lá meio que toda semana, podia até nem saber qual era a programação, mas sabia que ia ter coisa boa.”

2- Ingresso acessível

Os ingressos eram sempre baratos, em parte porque os espetáculos em geral eram subsidiados por editais da própria Caixa. Ou seja: não havia a pressão para cobrar preços mais altos para cobrir os custos da produção.

3- Edital próprio

A maior parte dos teatros é ocupada por peças e shows com financiamento cem por cento privado ou bancados por leis de incentivo da prefeitura e do governo. No Teatro da Caixa era diferente: a própria Caixa lançava editais periódicos, o que injetava mais dinheiro na cultura local. “É um meio super democrático de escolher a programação”, diz a produtora Marcia Moraes. “Fora a Fundação Cultural de Curitiba, talvez fosse a instituição que mais estava patrocinando cultura em Curitiba”, afirma o produtor musical Alvaro Collaço.

4- Diversidade

Como não era um espaço “comercial”, que pensava em lucro, o Teatro da Caixa apresentava projetos de todo tipo. Havia peças de “globais” ou shows de celebridades. “Mas também tinha espaço para trazer espetáculos que a gente sabia que não ia lotar, e tudo bem”, diz Collaço, que durante 11 anos produziu uma série de shows solo na Caixa, trazendo apresentações pouco comerciais, como shows de teremin ou de percussão com ossos.

5- Empregos

Além do prejuízo cultural, o fechamento de um espaço significa perdas econômicas. Há ops empregos do próprio teatro e do centro cultural, mas também a circulação de grupos, os curitibanos contratados para fazer trabalhos técnicos (montar cenário, produzir, iluminar etc) e o próprio valor arrecadado com os espetáculos.

6- Circulação

Uma das características mais elogiadas pelo projeto da Caixa Cultural é a possibilidade de levar projetos de uma praça para outra. Como a Caixa tem centros culturais de todo o país, existiam trocas: peças de Curitiba indo para Fortaleza, shows do Rio de Janeiro vindo parar aqui… “Levamos um show do Tom Zé pelo país inteiro”, lembra Marcia Moraes. “E por outro lado quando a Cia Senhas fez quinze anos, pudemos levar um trabalho daqui para diversas cidades”, afirma.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias