John Eliot Gardiner rege seu coro e orquestra nesta terça em Curitiba | Plural
18 nov 2019 - 22h11

John Eliot Gardiner rege seu coro e orquestra nesta terça em Curitiba

Mestre do barroco apresenta repertório sacro italiano à frente do Monteverdi Choir e do English Baroque Soloists

É normal que se use a expressão música clássica como se tudo que coubesse nessa caixinha fosse igual. Mas assim como música popular inclui coisas bem diferentes (do jazz ao pagode, do rock ao chorinho), a música erudita tem de tudo um pouco – e as distâncias podem ser ainda maiores, se você pensar num compositor medieval e num contemporâneo fazendo composições aleatórias controladas.

A música erudita varia vertiginosamente de século para século. Aquela sonoridade que nós estamos acostumados a ouvir e que cai bem num comercial de perfumes, por exemplo, tem uma certa datação. Dificilmente vai ser algo de antes do barroco; quase nunca vai ser algo depois de Debussy. Bartók ainda continua confinado aos filmes de terror…

John Eliot Gardiner apresenta em Curitiba nesta terça (19) a sua especialidade: o barroco. Além de um conterrâneo, o inglês Henry Purcell, Gardiner regerá três italianos: Monteverdi, Scarlatti e Carissimi. Dificilmente haverá uma chance melhor de conhecer o barroco italiano de perto, em Curitiba, com uma assinatura tão importante.

Gardiner, aos 76 anos, é ele próprio um clássico. Não à toa é Sir, nem à toa ganhou todos os prêmios possíveis, incluindo dois Grammy. Genial na execução de obras à moda da época em que foram compostas, criou três dos mais importantes grupos de música antiga do mundo. Dois deles, o Monteverdi Choir e o English Baroque Soloists, estarão nesta terça no teatro Positivo.

O terceiro conjunto é igualmente apaixonante. A Orquestra Romântica e Revolucionária executa obras do início do período romântico, com especial destaque para Beethoven, em interpretações magníficas. Mas essa é outra conversa,

A apresentação em Curitiba, toda dedicada à música sacra, é um passeio pelo século 17 e início do 18, indo dos pioneiros do barroco, como o pouco conhecido Carissimi e o genial Monteverdi, que dá nome ao coro e é uma espécie de fundador da música como a conhecemos hoje, e chega até o ápice do barroco, com dois contemporâneos de Bach.

O programa faz parte da série de concertos que o Positivo vem organizando e merece a atenção de todo mundo que quer conhecer a música clássica tocada por quem mais a conhece.

Programa:

Claudio Monteverdi

Messa a 4 voci da cappella, SV. 190
I. Kyrie
II. Gloria
III. Credo
IV. Sanctus
V. Benedictus
VI. Agnus Dei

Domenico Scarlatti

Stabat Mater
I. Stabat mater dolorosa
II. Cujus animan gementem
III. Quis non posset contristari
IV. Eja, mater, fons amoris
V. Sancta mater, istud agas
VI. Fac me vere tecum flere
VII. Inflammatus et accensus

Intervalo

Henry Purcell

Hear my prayer, o Lord, Z.15

Jehova, quam multi sunt hostes, Z.135

Giacomo Carissimi

Jephté (oratório)
I. Historicus
II. Jephté
III. Coro a 6
IV. Historicus a 2
V. Basso solo
VI. Coro a 6
VII. Historicus
VIII. Historicus a 3
IX. Historicus
X. Filia
XI. Coro a 2
XII. Filia
XIII. Coro a 6
XIV. Historicus
XV. Jephté
XVI. Historicus a 4
XVII. Filia
XVIII. Coro a 6

Serviço

English Baroque Soloists e Monteverdi Choir

Local: Teatro Positivo – Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Ecoville
Data: 19 de novembro, terça-feira
Hora: 20h30
Ingressos: à venda na bilheteria do Teatro ou nos Quiosques do DiskIngressos nos Shoppings Mueller, Palladium e Estação, pela internet www.diskingressos.com.br ou por telefone DiskIngressos  (41) 3315-0808.

Preços:
Plateia Inferior Amarelo A: R$ 260,00
Plateia Superior Amarelo A: R$ 160,00
Plateia Inferior e Superior Verde B: R$ 50,00

Ei, você! O Plural pretende sempre oferecer conteúdo gratuito e de qualidade. Mas isso só é possível se a gente tiver apoio de quem gosta do projeto. Olha só: você entra na nossa lojinha, faz uma assinatura de R$ 15 e ganha um jornal para a cidade. Tá barato, hein?

Últimas Notícias