14 jul 2020 - 8h22

Exposição de fotografias on-line retrata angústia em tempos de isolamento social

Estudantes da Universidade Positivo procuram lidar com os sentimentos relacionados à pandemia

“De Angústia em Angústia” é o nome da exposição virtual composta por trabalhos de estudantes de Fotografia da Universidade Positivo. As fotografias expressam a angústia no isolamento social da pandemia do coronavírus.

O projeto conta com oito trabalhos, cada um com três imagens e uma descrição que explica o conceito por trás das imagens.

Para construir os conceitos que nortearam os trabalhos, os estudantes contaram com participação do psicanalista e professor da Universidade Rejinaldo José Chiaradia, além de uma palestra sobre fotografia documental do fotógrafo Osvaldo Santos Lima, e um bate-papo com a fotógrafa Jacqueline Hoofendy.

“Os estudantes puderam estudar o tema, ampliar a visão e entender a importância de respeitar os afetos de cada um, em especial os seus próprios”, explica o orientador do projeto Emmanuel Alencar Furtado.

O projeto de Victória Garrido, “Minha confusão” fala de um sentimento sem definição. Foto: Victória Garrido.

Exposição de fotografias
“De Angústia em Angústia” está disponível no Behance.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem dez pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É falso vídeo que tenta ligar filho de Lula a Petrobras e a aumento de combustíveis

Diferentemente do afirmado em vídeo, o preço do barril de petróleo não é manipulado por uma empresa internacional que investe na Petrobras. O preço varia, na verdade, com a oferta e demanda do produto no mundo. Além disso, nenhum filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é sócio de empresa investidora da companhia e o presidente Jair Bolsonaro (PL) não instaurou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os acionistas da petroleira. O conteúdo é falso

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds