Escritoras podem participar de concurso de contos sobre quarentena | Jornal Plural
5 jan 2021 - 13h06

Escritoras podem participar de concurso de contos sobre quarentena

Primeiro lugar receberá R$ 1,5 mil em livros

Em comemoração ao mês da mulher, o UniBrasil Centro Universitário realizará mais uma vez, o “Concurso de Contos Dirce Doroti Merlin Clève”, em tributo à educadora, soroptimista e intelectual que lhe empresta o nome. O concurso, já em sua sétima edição, tem a finalidade de estimular e valorizar a produção literária de mulheres com idade entre 18 e 35 anos, selecionando e premiando contos inéditos que apresentem.

O Concurso de 2021 terá, excepcionalmente, tema: “Contos da Quarentena”, e as inscrições ao Concurso poderão ser feitas entre os dia onze de janeiro e vinte e dois de fevereiro.

Os resultados serão divulgados no dia oito de março. A Comissão Julgadora, nomeada pelo UniBrasil, será constituída por professores especializados na área de Letras e/ou pessoas de renome na área jornalística e literária. Esta comissão escolherá os dez melhores contos, de temas livres, em ordem de classificação, segundo os critérios de criatividade, originalidade, concisão, precisão, densidade e unidade de efeito.

As autoras dos contos classificados nos três primeiros lugares receberão vales presente de, respectivamente, R$ 1500, R$ 900 e R$ 600, por ordem decrescente de classificação, para compra de livros no acervo da livraria determinada pelo UniBrasil. Seus contos serão publicados no site da instituição. O conto classificado em primeiro lugar será publicado na revista acadêmica de arte, cultura, gênero, sustentabilidade e responsabilidade social do UniBrasil, Revista Expressão.

Serão concedidos certificados às participantes classificadas nos dez primeiros lugares. 

No site do UniBrasil estarão disponíveis as normas deste concurso literário que nas edições anteriores recebeu centenas de contos, muitos deles excepcionalmente bons, mas todos reveladores dos sonhos, anseios, alegrias e dificuldades enfrentados pelas jovens atualmente.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

4 comentários sobre “Escritoras podem participar de concurso de contos sobre quarentena

    1. A limitação acontece para estimular jovens escritoras – que teriam dificuldade em competir com pessoas muito mais experientes – a publicarem suas produções.
      É preciso notar que, além da premiação em livros de livre escolha, os três primeiros lugares terão os contos publicados.
      Para muitas, constituirá a primeira publicação, e talvez venha a ser o início de uma carreira promissora.
      Independentemente disso, o UniBrasil publica também a série: Palavra de Mulher, já com duas edições, sem limite de idade.

  1. Por que o limite de idade ??? Esquecem que uma mulher pode começar a escrever após ter se aposentado, ou criado os filhos ??? Essas sim merecem um incentivo pois estarão indo atrás de um sonho … Triste ver que é difícil para estas mulheres conseguirem uma chance ou oportunidade numa sociedade que vira as costas para a terceira idade.

    1. O limite de idade é para estimular jovens a iniciar a carreira, pois além dos livros, a premiação é também de publicação.
      Mantemos uma série, Palavra de Mulher, já com duas edições (este ano teremos a terceira, no segundo semestre) que não tem limite de idade.
      Ano passado, uma senhora catarinense de 76 anos participou, e seus dois filhos a trouxeram para Curitiba para o lançamento. Foi maravilhoso para todos nós.
      Mantenha-se informada, participe para nossa alegria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias