18 jan 2022 - 18h10

Banda curitibana de ska e pop-punk faz um som divertido e explosivo

Com gravadora californiana e shows pelo exterior, Abraskadabra lança o clipe de “You Shine, Girl”, todo filmado em ruas de Curitiba

O som da Abraskadabra é feito de guitarra com riffs intensos, bateria acelerada e um conjunto de metais de fazer inveja a qualquer big band. No cenário de ska e pop-punk (ou skate-punk, a depender do gosto do freguês), a banda curitibana conseguiu se firmar primeiro lentamente (são 18 anos de estrada) e depois rapidamente.

No último ano, lançaram seu terceiro álbum de estúdio, “Make Yourself at Home”, pelo coletivo Bad Time Records (BTR), criado por Mike Sosinski em Alameda, na Califórnia (EUA); realizaram shows em territórios norte-americano, britânico e japonês; e foram reconhecidos por figuras importantes do gênero (como o próprio Sosinski, que é da banda Kill Lincoln).

“Make Yourself at Home” saiu por um selo da Califórnia, mas foi gravado em uma casa de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Para ser mais preciso, “numa chácara, perto da represa”, explica Rafael Buga, vocalista e guitarrista da banda, em um bate-papo com o Plural.

Buga é o cara que caminha por Curitiba no clipe de “You Shine, Girl”:

Septeto

Outras faixas do disco novo ganharam clipes em novembro e dezembro do ano passado. Todos os vídeos estão disponíveis no canal do Abraskadabra, no YouTube. A banda é formada por Rafael Buga (vocalista e guitarrista), Thiago Trosso (vocalista e saxofonista), Augusto Mamão (trombonista), Felipe Pera (baixista), Du (vocalista e guitarrista), JP (trompetista) e Eduardo Maka (baterista).

O Plural é um jornal independente mantido pela contribuição de nossos assinantes. Ajude a manter nosso jornalismo de qualidade. Assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. E passa a fazer parte da comunidade mais bacana de Curitiba.

Deixe um comentário

Últimas Notícias

Vídeo que cita falhas já corrigidas nas urnas volta a circular fora de contexto

É enganoso um vídeo que circula sem contexto e mostra uma fala feita em 2018, no Supremo Tribunal Federal (STF), pelo advogado do Sindicato Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF Sindical) Alberto Emanuel Albertin Malta, sobre a impressão de comprovantes de votação. No discurso, o representante da entidade fala sobre falhas encontradas nas urnas eletrônicas que já foram corrigidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antes de junho de 2018, quando a declaração foi repercutida. Essa informação não consta, no entanto, no vídeo investigado. O conteúdo voltou a circular em meio à aproximação do processo eleitoral de 2022

Projeto Comprova

Fies foi criado no governo de FHC, não na gestão Lula

É enganosa a publicação no Twitter da ex-participante do Big Brother Brasil (BBB22) Jessi Alves, que diz que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criou o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), programa que financia graduação em faculdade particular no Brasil. Lula expandiu o acesso ao programa, mas não o criou. A iniciativa surgiu ainda na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), em 1999, após o fim do Crédito Educativo (Creduc), programa similar criado em 1975, durante o governo de Ernesto Geisel

Projeto Comprova

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds