26 out 2021 - 18h46

Selecionado para o Oscar diz que indicação depende de apoio de prefeitura e governo

Aly Muritiba diz que “Deserto Particular” leva o nome da cidade e do país para o mundo, mas que campanha para o Oscar exige apoio

O cineasta Aly Muritiba, diretor do filme “Deserto Particular”, selecionado para representar o Brasil no Oscar deste ano, diz que as chances do longa estar entre os finalistas do prêmio dependem do apoio de instituições como a prefeitura de Curitiba e o governo do Paraná. São dezenas de produções na disputa, indicada por países do mundo todo, e a campanha para chamar a atenção dos eleitores não é barata. O diretor foi o convidado do programa Plural Entrevista desta terça-feira (26).

Segundo Muritiba, a prefeitura de Curitiba parece já ter entendido a importância da possível indicação do filme para o cenário cultural da cidade, e estaria disposta a ajudar na campanha de “Deserto Particular”. Agora a tentativa seria de sensibilizar o governo do Paraná.

O diretor lembra que o filme está levando a imagem de Curitiba e do Brasil para o mundo todo. Antes de ser selecionado para representar o Brasil no Oscar, “Deserto Particular” já recebeu o prêmio do público em uma das principais mostras do Festival de Veneza – um dos três mais importantes do mundo.

Aly Muritiba, baiano de nascimento, é radicado em Curitiba e frequentou o curso de cinema da Unespar. Autor de vários curtas e longas metragens premiados, já esteve nos festivais de Sundance e Cannes, além de Veneza.

Selecionado para disputar o Oscar, “Deserto Particular” tem estreia prevista para o mês que vem no Brasil. Além desse, Aly Muritiba também tem outro longa pronto: uma adaptação de Lourenço Mutarelli chama “Jesus Kid”, apresentada em Gramado neste ano.

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Os comentários feitos em textos do Plural são moderados por pessoas, não robôs, e não são publicados imediatamente. Não publicamos comentários grosseiros, agressões, ofensas, acusações sem provas nem aqueles que promovem tratamentos sem comprovação científica.

Últimas Notícias

É de graça


E vai continuar assim. Mas o nosso trabalho só existe porque ele é financiado por você, leitora e leitor, e por parceiros. Ajude o Plural a continuar independente. Apoie e assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

Já é nosso assinante?
Faça seu login com email ou nome de usuário

Não é assinante?  Assine por valores a partir de R$ 5 por mês.

This will close in 20 seconds