Pratos clássicos do La Boca estão de volta no delivery
29 abr 2021 - 12h23

Fígado galináceo e outros clássicos do La Boca estão de volta no delivery

O chef Guti Ribas lançou uma linha de pratos congelados, molhos, conservas e defumados

O fígado galináceo cozido no vinho tinto está de volta. Um dos clássicos do La Boca, gastrobar que funcionou por sete anos nas Mercês, agora está disponível para delivery.

A pedido dos antigos clientes, o chef e empresário Guti Ribas voltou, há algumas semanas, a preparar pratos e petiscos que fizeram o sucesso do boteco. A novidade é que são vendidos congelados.

“Junto envio as instruções para descongelar e finalizar os pratos na hora. É a maneira que encontrei para que que a comida se mantenha fresca”, explica Guti. O cozinheiro batizou seu cardápio de “fatness”, “porque comida fitness não é comigo”, brinca.

O fígado galináceo sai por R$ 20. O shumai, bolinho de farinha de trigo e maisena no vapor e recheado com carne suína ou peixe e camarão custa R$ 16 (seis unidades). Há ainda curry de frango com legumes, molho picante e leite de coco (R$ 20), estrogonofe suíno (R$ 21,50), escondidinho de carne seca (R$ 18) e combo de três empanadas de carne de porco (R$ 30).

Shumai, bolinho no vapor recheado de carne suína ou peixe e camarão, dos tempos do La Boca. Foto: Divulgação.

Guti prepara os pratos ao longo da semana e aceita pedidos até quinta-feira. As entregas são feitas às sextas-feiras.

Há alguns meses, o inquieto cozinheiro passou a se dedicar também à defumação de carnes junto com o pessoal da Charcutaria Curitibana. Do defumador saem linguiças e pastrami.

As linguiças são vendidas também no kit para churrasco, que também é disponível para delivery. São dois hambúrgueres de costela e quatro linguiças defumadas de provolone e tomate seco, acompanhadas de picles de pimenta, chimichurri, ketchup artesanal e mostarda. As carnes são entregues cruas para serem assadas em casa. O combo custa R$ 54,90.

No meio do ano passado, o empresário lançou ainda a Gwenta Conservas, linha de molhos de pimenta, pastas de curry e conservas. São 12 opções a partir de R$ 8. Entre elas estão o coreano kimchi (acelga fermentada), o argentino chimichurri e o japonês sunomono (pepino em conserva).

Sabores e técnicas culinárias de diferentes países marcam a cozinha de Guti desde os tempos do La Boca. O boteco ainda existe quase com o mesmo nome – hoje se chama La Boca Mercês – e fica no mesmo local na esquina da Visconde do Rio Branco com a Padre Agostinho, mas está sob nova gestão.

Guti Ribas comandou por sete anos o gastrobar La Boca, nas Mercês; hoje trabalha com delivery. Foto: Divulgação.

Quando encerrou as atividades, em dezembro de 2019, Guti passou o ponto e a marca. Consigo levou as receitas e a criatividade. “Depois de sete anos trabalhando na noite bateu um pouco de cansaço e alguns problemas de saúde me fizeram parar”, explica.

Agora que ele está de volta já está programando os próximos passos. No horizonte estão a produção de pães para o kit churrasco e a abertura de uma loja física de defumados.

Serviço

Pedidos pelo Instagram: https://www.instagram.com/gutithecook/ / https://www.instagram.com/gwenta_conservas/ ou WhatsApp: 41 9943-9799. 

Se puder, assine o Plural. Você pode escolher o valor que quer pagar. Isso faz muita diferença para nós: ser financiados por leitoras e leitores. As assinaturas nos mantêm funcionando com uma equipe que hoje tem oito pessoas e dezenas de colaboradores. Somos um jornal que cobre Curitiba em meio aos obstáculos da pandemia e fazemos isso com reportagens objetivas, textos de opinião e de cultura, charges e crônicas. Obrigado pela leitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias