Plural estreia blogs, coluna e até um (bem-humorado) dicionário | Jornal Plural
Clube Kotter
30 abr 2019 - 8h13

Plural estreia blogs, coluna e até um (bem-humorado) dicionário

Conheça as novidades que o jornal apresenta para você nos próximos dias

O Plural estreia nesta semana vários novos conteúdos para você. São três blogs e uma colunas que passam a frequentar o jornal semanalmente, falando sobre política, cultura e comportamento.

Nesta terça, já estão no ar duas novidades. Uma delas é a coluna de Marcos Pamplona. Publicitário de renome nacional, com passagens por algumas das principais agências do país, Pamplona é também escritor e poeta. Curitibano, já recebeu um leão de bronze em Cannes.

No Plural, escreverá crônicas sobre sua própria vida e sobre o mundo ao nosso redor. Seu texto de estreia começa falando sobre um mecânico que não acreditava que o homem tinha ido à lua – e termina falando da prisão de Lula (spoiler: os críticos do ex-presidente não vão gostar).

Carlos Castelo, novo blogueiro do Plural, ficou conhecido nos anos 1980 por ser um dos integrantes do Língua de Trapo, a banda que se tornou símbolo da irreverência inteligente no cenário paulista da época. Compositor de mão cheia, frasista admirável, acabou também migrando para a publicidade – e tem lá seus múltiplos prêmios, inclusive em Cannes.

Seu blog é o Dicionaro, o Dicionário de Bolso. Obviamente, uma brincadeira com o atual presidente do país e sua estranha visão de mundo. Castelo vai nos informando do sentido que as palavras ganham no novo governo, conforme o noticiário vai mostrando o quanto Bolsonaro e seus pares veem tudo de um jeito muito particular.

Nos próximos dias, quem dá as caras por aqui é Cristiano Castilho, jornalista cultural conhecido dos curitibanos, com passagem pelos principais jornais da cidade. No Plural, Cristiano já assinou reportagens, e agora chegou a hora de aportar por aqui com seu blog, o Pista 1.

Por fim, a jornalista Adriana Czelusniak estreia o blog O Olhar Inclusivo, em que tratará de um tema pra lá de importante: o autismo. Mãe de um menino de 13 anos diagnosticado com Asperger, Adriana começou a pesquisar o tema e hoje não só é militante da causa como referência para quem quer saber mais sobre o assunto.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias