Top
Forças ArmadasMinistériosOposição ParlamentarRepressãoTrabalhismo

PROCESSO DE CASSAÇÃO PELA DITADURA DO SENADOR AARÃO STENBRUCH, PAI DO 13º SALÁRIO

Compartilhe:

 

Relatório do Conselho de Segurança Nacional

16 de janeiro de 1969

Aarão Steinbuch foi condenado segunfo os generais julgadores Aarão Steinbuch devido ao fato de ter ligações com o PCB, por ter ligações com a Embaixada Tcheca, por ter participado ativamente de diversos movimentos de apoio à revolução cubana, por ter visitado CUBA, a Ligas Camponesas,

Aarão Steinbruch (1917-1992) foi o “pai” do 13º salário e da aposentadoria por tempo de serviço, leis derivadas de projeto que ele apresentou em seus mandatos no Congresso. Esses direitos remetem a seu trabalho como advogado de sindicatos e de trabalhadores em Niterói (RJ). Foi três vezes deputado federal, depois senador e ainda vereador do Rio de Janeiro, onde morreu dez dias depois de reeleger-se para a Câmara Municipal, em 1992, aos 75 anos.

Steibruch nasceu em 1917 no município gaúcho de Santa Maria e formou-se em Direito na Universidade de Porto Alegre, mas também trabalhou como jornalista no diário Última Hora e chegou a diretor da “Revista do Trabalho”. Filiou-se ao PTB do antigo Estado do Rio de Janeiro e se elegeu deputado federal pela legenda em 1954. Seu mandato na Câmara foi marcado pela defesa de causas trabalhistas. Conseguiu duas reeleições: de 1955 a 1958 e de 1959 a 1962.

Em 1959, foi designado, pela Presidência da República, para tomar parte na Conferência Internacional do Trabalho.

Elegeu-se senador pelo Rio de Janeiro em 1962 e tornou-se 3º secretário. Rompeu com o PTB, assumindo a presidência regional do MTR fluminense. Mas com o golpe militar de 1964 e a instituição do bipartidarismo, aderiu ao MDB e foi cassado em 1969, com o AI-5. Ainda assim, graças a seu prestígio, conseguiu eleger a mulher, Julia Vaena Steinbruch, deputada estadual no Rio de Janeiro e depois deputada federal.

Compartilhe:

Arquivos para download:

1 comment

  1. jose evandro camargo gondim 2 maio, 2016 at 10:35 Responder

    gostaria de saber o nº do Decreto que cassou o mandato do Senador Carlos Wilson, tenho a data de 1º de julho de 1975.
    Preciso de documento que comprove esta data.
    Atenciosamente,
    José Evandro

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *