Top
Polícia Federal

DEDOS-DUROS DA DITADURA DENUNCIARAM DIAS LOPES E CARLOS VEREZA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

DIVISÃO DE SEGURANÇA E INFORMAÇÕES

PEDIDO DE BUSCA Nº 218/DSI/MJ

ASSUNTO: INFILTRAÇÃO DE COMUNISTA E ALIADOS NA TELEVISÃO

ACERVO ARQUIVO NACIONAL

COREG

FUNDO DIVISÃO DE CENSURA DE DIVERSÕES PÚBLICAS

SÉRIE CORRESPONDENCIA OFICIAL CORRESPONDÊNCIA  OFICIAL

SUBSÉRIE INFORMAÇÕES SIGILOSAS

CAIXA ÚNICA

 

Documento da Polícia Federal revela informações recebidas por delator dentro do meio artístico. Entre outras o dedo-duro informa sobre posições políticas do escritor Dias Lopes, do ator Carlos Vereza e de Chico Buarque.

Um dos alvos prediletos da censura e nome de relevo na contestação à ditadura, Chico Buarque de Hollanda foi monitorado de perto pelos militares. Documentos dos órgãos de informação das Forças Armadas, só agora liberados para consulta pública, dimensionam o tamanho da perseguição: visitas de agentes nos shows, depoimentos forçados e canções censuradas.

 

 

http://pt.scribd.com/doc/104628176

Compartilhe:

1 comment

  1. Graça Lago 1 outubro, 2012 at 17:35 Responder

    Com todo o aparato que tinham, ainda produziam bobagens como este documento. Com certeza o escritor e diretor de TV a quem queriam se referir era Dias Gomes, que militou contra a ditadura, inclusive em telenovelas como O Bem Amado, Verão Vermelho, Assim na Terra como no Céu, Saramandaia e tantas outras.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *