VISITA DO GENERAL GEISEL À CURITIBA CAUSA PREOCUPAÇÃO COM SEGURANÇA E CASA CIVIL INVESTIGA TODOS OS FUNCIONÁRIOS

Compartilhe:

A visita do ditador general Ernesto Geisel à Curitiba em 1975, provou um grande alvoroço nas autoridades do estado e no comando da 5ª Região Milita. Com começa com a Casa Civil solicitando três metralhadoras MP/5 HK à Polícia Civil para serem usadas pela “segurança velada”. Leia-se agentes secretos.

A operação para proteger o ditador continuou com o envio dos nomes de todos os funcionários da Casa Civil ao DOPS – Delegacia de Ordem Política e Social, para que esse órgão investigasse os antecedentes de casa um. Na lista, além dos funcionários do cerimonial, constam os nomes dos mecanógrafos, ascensoristas, garçons, eletricistas e pessoal do buffet contratado pra servir os comes e bebes.

Compartilhe:

Arquivos para download:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *