Top
Forças ArmadasRepressão

DOCUMENTO DO EXÉRCITO COM A RELAÇÃO DOS BRASILEIROS ASILADOS NA EMBAIXADA DA ARGENTINA NO CHILE

Compartilhe:

Os militares brasileiros e seus aliados civis foram, ao lado dos Estados Unidos, os principais articuladores do golpe que derrubou o primeiro presidente socialista eleito pelo voto popular no mundo.

Documentos produzidos pelo Centro de Informações do Exterior (Ciex), o serviço secreto criado pelo Itamaraty em 1966 para auxiliar a ditadura brasileira a combater o chamado “perigo vermelho demonstram a proximidade entre a diplomacia brasileira e os militares golpistas chilenos, revelam que os exilados e banidos brasileiros no Chile tiveram todos seus passos monitorados pelo Ciex, a serviço do Serviço Nacional de Informação (SNI), o temido órgão central de inteligência do governo ditatorial.

O documento em anexo traz uma relação completa dos brasileiros asilados na Embaixada da Argentina em Santiago, numa prova inconteste da conexão entre os serviços de informação e repressão do Chile, Brasil e Argentina.

MINISTÉRIO DO EXÉRCITO

I EXÉRCITO

12OUTUBRO1973

ASSUNTO- ASILO DE BRASILEIROS NA EMBAIXADA DA ARGENTINA NO CHILE

SNI/ARJ

ENCAMINHAMENTO  104060

08OUTUBRO73

INFORME 2646

http://pt.scribd.com/doc/104466672

 

 

Compartilhe:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *