Top
ArgentinaForças ArmadasOperação CondorVPR

Exército, Marinha, SNI e Itamarati unidos na repressão

No ano de 1973, os órgãos de inteligência e repressão da ditadura civil-militar brasileira tiveram como um de seus focos a busca aos militantes da resistência que organizavam bases operacionais na fronteira Brasil/Argentina. As informações colhidas por meio de  torturas e através de infiltrados  era de que a Vanguarda Popular Revolucionária – VPR, estaria naquela região e um grupo de militantes banidos do território nacional organizavam rotas de entrada dos guerrilheiros no Brasil.

Em franca colaboração com a órgão de repressão do Exército, Marinha e Polícia Federal,  atuaram agentes do SNI, o então Secretário de Agricultura do RS, Irio Simm, com o cônsul brasileiro em Paso de Los Libres,Nei Faria Correia,  o diretor do Hospital de Tuparandi, Egon Muller, o cônsul brasileiro em Posadas, João Augusto Frota.

A preocupação da ditadura se devia ao fato da região fronteiriça entre o Brasil e Argentina, especificamente a província de Misiones, oferecer condições propícias para a reorganização da luta armada contra a ditadura brasileira. Montanhas, mata fechada, tensão social e grande movimentação de brasileiros que saíram de Santa Catarina e Rio Grande do Sul em busca de terra e trabalho. Nessa área a Vanguarda Popular Revolucionária – VPR, chegou a organizar  duas bases operacionais que seriam usadas para receber os militantes que estavam no Chile e em outros países. Nesses locais, os militantes da organização passariam por uma etapa de adaptação antes de entrarem em ação (ver livro Onde foi que vocês enterraram nossos mortos? Aluizio Palmar Onde-foi-que-voces-enterram-nossos-mortos) Na mesma área atuavam organizações armadas argentinas e organizações de exilados paraguaias. Montoneros e ERP da Argentina e OPM, Mopoco e outros grupos. Na linha de massas estavam em ação o Movimento Agrário  Misioneiro -MAM e as Ligas Agrárias.

Documentos Revelados

Serviço Nacional de Informações/Agência Central (            3 pág)

Apreciação Especial

04OUT73

Atuação do MCI na América do Sul – Região de Misiones

_______________________________________________________________________

Serviço Nacional de Informações/Agência Central (1 pág)

Documento de Informações  250/20/AC/73

05OUT73

 Infiltração de comunistas brasileiros e chilenos em território do Brasil

_________________________________________________________________

Informação  número 307 16 APA 73 (3 pág0

Data 29 out 73

Infiltração de comunistas brasileiros e chilenos em território do Brasil

Atividades Subversivas na região de Misiones, na Argentina

Referência   Doc. Info. 250/20/AC/73

Difusão: AC/SNI

____________________________________________________________________________

Serviço Nacional de Informações/Agência de Porto Alegre

Info; 353 16APA73

29 de outubro de 1973

Infiltraçao de comunistas brasileiros e chilenos em território do Brasil

Atividades Subversivas na região de Misiones, na Argentina

REF: DOC INFO 307/16/APA/73

DIF: AC/SNI

Compartilhe:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *