Boletim de Centro Acadêmico apreendido pela ditadura

Compartilhe:

Boletim do Centro Academico Visconde de Cairú, Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas da USP, que hoje é a FEA) da USP apreendido em 12JUNHO1969.

O Boletim feito em condições adversas e em plena vigencia da Lei 477, procura combater a ditadura de forma sutil e fazendo ilações com a situação na Argentina.

O decreto-lei nº 477, de 26 de fevereiro de 1969, também chamado de “AI-5 das universidades, foi um ato baixado pelo então ditador general Artur da Costa e Silva que punia professores, alunos e funcionários de universidades acusados de subversão ao regime com expulsão. Na prática, o processo a que se submetia o acusado era sumário. Os professores atingidos ficavam impossibilitados de trabalhar em outra instituição educacional por cinco anos, ao passo que os estudantes ficavam proibidos de cursarem qualquer universidade por três anos.

http://pt.scribd.com/doc/96595011

Compartilhe:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *