NA ELEIÇÃO DE 1982, PROMOTOR LAMBE-BOTAS DE FOZ DO IGUAÇU, PEDE ANTECEDENTES POLÍTICOS PARA IMPUGNAR CANDIDATURAS DE JORNALISTAS

Compartilhe:

Em 1982, as eleições de 1982, foram realizadas com diversas limitações impostas pela ditadura. O voto foi vinculado e a propaganda eleitoral regida pela lei Falcão e outras imposições.

Apesar dessas dificuldades os partidos de oposição saíram à luta com suas candidaturas.

As perseguições e vetos ocorriam em todo o país.

Em Foz do Iguaçu, o promotor José Caetano Ferreira, assim que ouviu dizer que Aluízio Palmar e Juvêncio Mazzarollo seriam candidatos, enviou ofício à Polícia Federal pedindo os antecedentes políticos dos mesmos para que pudesse fazer o encaminhamento do pedido de impugnação das candidaturas dos dois jornalistas.

Compartilhe:

Arquivos para download:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *