LOCALIZADO DOCUMENTO DA POLÍCIA FEDERAL REVELANDO PERSEGUIÇÃO À COMUNIDADE ÁRABE DE FOZ DO IGUAÇU

Compartilhe:

A comunidade árabe de Foz do Iguaçu sempre foi alvo de espionagem por parte dos órgãos de segurança. No período da ditadura civil-militar (19644/1985) o controle era feito exaustivamente. Nos arquivos da Polícia Federal e em outros fundos é possível encontrar diversos documentos que retratam essa época de perseguição ideológica, política e étnica.
Constituída basicamente por libaneses, a comunidade árabe esteve sempre perfeitamente inserida na vida social, empresarial e política de Foz do Iguaçu. Apesar dessa inserção histórica, as reuniões e atividades de seus membros eram espionadas pelos agentes da repressão. O documento em anexo foi produzido pelo Serviço Nacional de Informações – SNI e nele são citados os empresários libaneses Mustaf Ali Osman, Hassan Wahb,Ali Said Rahal e Mohamad Barakat, entre outros.
Documento Revelado
Órgão que emitiu o documento: Serviço Nacional de Informações
Titulo: Atividades de Organizações Árabes no Paraná
Data do documento: 23.03.84
Info N 0034/16/ACT/84

Compartilhe:

Arquivos para download:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *