Top
O dossiê começa com uma página de jornal que fala sobre a Guerrilha Caparaó, sua difusão pelo país, envolvimento de Leonel Brizola e influências de Cuba; bem como informações sobre rebuliços de desafio ao governo dos países por onde Che Guevara passava, mas a notícia sobre a tentativa de impedimento da candidatura do Marechal Teixeira Lott é que parece ser a principal. Os documentos seguintes são panfletos distribuídos pelo em geral pelo Movimento Nacionalista e movimentos em prol a eleição de Lott e de João Goulart: o primeiro panfleto é uma declaração do Deputado Francisco Julião, fundador e líder das Ligas Camponesas de Pernambuco, onde mostra os motivos pelo qual ele apoia a candidatura do Marechal e os respectivos pontos positivos que ele trará em beneficio, como o respeito com os objetivos de Cuba e com o Partido Socialista Brasileiro, sendo a favor da Reforma Agrária, lutando a favor da emancipação do Brasil em relação aos países estrangeiros, normalizando as relações entre o país e a União Soviética e a China que estava sob o governo de Mao-Tsé-Tung e a luta em favor dos camponeses e latifundiários; o segundo panfleto trata dos princípios que o Comitê Estadual Nacionalista Lott – Jango do Paraná seguirão e que contribuirão para incentivar outros paranaenses a eleger estes candidatos; o terceiro é um resumo de entrevista concedida por Marechal Lott onde ele fala sobre problemas políticos e administrativos, e sociais e econômicos; o quarto é um escrito do Discurso de Edna Lott filha do candidato Marechal Henrique Teixeira Lott, onde ela faz uma propaganda positiva sobre o pai, além de um breve histórico da vida, não deixando de falar sobre a realidade política do país e sobre as mudanças que estariam para acontecer após as eleições; o quinto panfleto é do Movimento Nacionalista e tem enumerados 10 motivos favoráveis para se votar em Lott e Jango; o sexto panfleto é uma mensagem enviada pelo então prefeito da cidade de Curitiba (General Iberê de Matos) em busca de apoio dos ferroviários em favor do candidato a governador do Estado do Paraná Senador Nelson Maculan; o sétimo é do Movimento Ruralista Lott – Jango onde é apresentado uma mensagem do Marechal Lott ao povo do Paraná e trata de assuntos como a importância do cooperativismo, ensino superior, sobre o Porto de Paranaguá, relações com o Instituto do Mate em Curitiba, entre outros; o oitavo é um panfleto de propaganda do Movimento Nacionalista Lott – Jango em que é apresentado as idéias de governo do candidato sobre assuntos como os de Reforma Agrária, hidroelétricas e geração de energia, política externa e relações de amizade com outros países, direito de greve, sindicalismo, entre outros, não deixando de afirmar o caráter nacionalista da sua pessoa e do seus projetos, afirmando que só sendo nacionalista seria possível a emancipação do país frentes aos países do exterior; o nono trata da falta de brasilidade e do incentivo que a Associação Nacionalista quer dos jovens e dos velhos para que lutem a favor do Brasil contra os demais países, em relação a Indústria brasileira e os produtos gerados por ela; uma quantidade de sete panfletos de Boletins do Comitê Bancário de Curitiba do Movimento Nacionalista Pró Lott e Jango tratam em linhas com um discurso nacionalista sobre lutas em favor as propriedades brasileiras, sentimento de patriotismo, porque ser nacionalista e o avanço que o país pode dar com uma luta maior sobre os seus bens, sobre ações de países estrangeiros com outros países e o que estes fazem e pretendem fazer com o Brasil, entre outras coisas. Mais três panfletos compõe o dossiê, e são da Associação Nacionalista: o primeiro é um protesto contra uma fábrica norte-americana que estava se instalando no Brasil e sobre a luta dos brasileiros pela independência econômica e que a presença desta fábrica ameaçava a brasilidade; o segundo trata de influências estadunidenses dentro do país e o protesto que os nacionalistas fazem sobre este tipo de influência, pois existiam países que faziam o mesmo, mas sem exigir tanto e desmoralizar; o terceiro é um apelo aos jovens brasileiros para que lutem pelo seu país e contra a invasão de interesses estrangeiros dentro dele. Neste meio, documentos de cunho policial aparecem como uma pedido de solicitação de autorização da DOPS para um evento do Movimento Nacionalista na cidade de Curitiba, escritos sobre a Frente Nacionalista do Paraná, busca por diretórios desta, participação de indivíduos acusados de comunistas, assim como o diretor da União dos Ferroviários, recorte de jornal onde é apresentado idéias e manifestações contra a fome, injustiças sociais, e apoio aos sindicalistas; segue dois panfletos de Declaração de princípios da Associação Nacionalista onde é apresentado os ideais nacionalistas seguidos, os dois principais são: a favor do monopólio estatal das indústrias brasileiras e a independência de diretrizes da política dos países do exterior e possíveis atitudes que possam prejudicar o Brasil. Os últimos documentos tratam da inauguração da Frente Nacionalista do Paraná, bem como um informativo policial, fotos do evento, convite uma declaração retirada de entrevista de Luiz Carlos Prestes sobre as eleições de 1955 que teve como eleito Jucelino Kubitschek e um recorte de jornal sobre a Frente Nacionalista. (Arquivo Público do Paraná)
Especificação de anexos
Convite ao povo-da Frente Nacionalista do Paraná – 1
Fotografias de uma conjunto de pessoas de maioria do sexo masculino, com indicação de estarem presentes na inauguração da organização Frente Nacionalista do Paraná – 3
Páginas de jornais: O Estado de São Paulo, O Estado do Paraná e Tribuna do Paraná – 3
Panfleto: Associação Nacionalista – Apresentação – Como ser brasileiro e progredir – 1
Panfleto: Associação Nacionalista – Mensagem aos jovens – 1
Panfleto: Associação Nacionalista – Nem comunismo, nem ianquismo – brasilidade – 1
Panfleto: Associação Nacionalista – Protesto contra o American Can – 1
Panfleto: Carta de princípios do Comitê Estadual Nacionalista Lott – Jango do Paraná – 1
Panfleto: Continuísmo…não – Discurso de Edna Lott – 1
Panfleto: Declaração de Princípios da Associação Nacionalista – 2
Panfleto: Lott e Jango – 10 motivos favoráveis – 1
Panfleto: LOTT frente a alguns problemas brasileiros – 1
Panfleto: Mensagem aos ferroviários do General Iberê de Mattos, prefeito municipal de Curitiba – 1
Panfleto: Movimento Ruralista Lott – Jango – 1
Panfleto: Porque estou com Lott – Declaração do Deputado Francisco Julião – 1
Panfleto: Resumo da entrevista – Plataforma transcrita da “Ultima Hora” do Dia 19/01/1960 – Lott e alguns problemas políticos e administrativos – Lott e alguns problemas sociais e econômicos – 1
Panfleto: transcrito do Jornal Tribuna do Povo de título: Entrevista de Luiz Carlos Prestes – uma importante vitória do povo a simples realização das eleições – 1
Panfletos: do Comitê Bancário de Curitiba- Boletim nº 06: Nacionalismo; Boletim nº 7: Que é Nacionalismo?; Boletim nº 8: Por que somos nacionalistas?; Boletim nº 9: Nossa Luta; Boletim nº10: Jânio financia Adhemar; Boletim nº 12: Trustes querem aumentar a carne; Boletim nº 13: “Garras Vulpinas” – 7

Compartilhe:

Arquivos para download:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *