EM 1980, POLÍCIA FEDERAL INVADIU ESTABELECIMENTO E AMEDRONTOU COMERCIANTE QUE COBROU DÍVIDA DEIXADA POR DELEGADO E ESCRIVÃO

Compartilhe:

Em 1980, o comerciante da cidade de Guaíra, no Paraná, Hercílio Serafim Borges,  passou a ser perseguido pela Polícia Federal, quando teve a audácia de cobrar dívidas deixadas pelo delegado Odjamas Saboa Lima e o escrivão Soloncio Alencar Debssick.

Os dois policiais após passar um bom  tempo hospedados no hotel de Hercílio saíram do mesmo sem pagar a hospedagem e as refeições e bebidas consumidas. Cansado de cobrar a dívida, Hercílio afixou um cartaz na porta do estabelecimento expondo a situação para o público. Não deu outra, agentes policiais, alegando que a instituição estava sendo denigrida e em nome da preservação da imagem da mesma arrancaram o cartaz e amedrontaram o comerciante.

http://pt.scribd.com/doc/132365437/DIVID2 

 

Compartilhe:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *