EDIÇÃO QUENTÍSSIMA DO JORNAL “O TRABALHADOR”, DE GUARANÁ DE MENEZES

Compartilhe:

O jornal O Trabalhador era editado em Foz do Iguaçu. por Guaraná de Menezes e Heraldo Bastos. A edição número 11, de Maio de 1959, traz matérias sobre a ação do jaguncismo na região Oeste do Paraná, declarações rotundas de Ezoel Portes e Ney Wadson dos Santos, uma extensa matéria sobre a construção da Ponte sobre o Rio Paraná, ligando o Brasil ao Paraguai e a exibição do filme O Principie e o Parisiense, com Brigite Bardot.

A edição, raríssima, pode ser visualizada em PDF e também em JPEG.

http://pt.scribd.com/doc/114339312

http://pt.scribd.com/doc/114339314

http://pt.scribd.com/doc/114339319

http://pt.scribd.com/doc/114339329

http://pt.scribd.com/doc/114339331

http://pt.scribd.com/doc/114339337

http://pt.scribd.com/doc/114339341

http://pt.scribd.com/doc/114339345

http://pt.scribd.com/doc/114339348

http://pt.scribd.com/doc/114339351

http://pt.scribd.com/doc/114339354

http://pt.scribd.com/doc/114339357

http://pt.scribd.com/doc/114339359

http://pt.scribd.com/doc/114339362

http://pt.scribd.com/doc/114339365

 

Compartilhe:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *