Top
Foz do IguaçuFundo Aluízio PalmarGeralOutrosPolícia Federal

As atividades da juventude do PMDB de Foz do Iguaçu eram controladas pela PF

Em 1983, quatro anos após a anistia, os partidos políticos estavam sendo reorganizados e a luta pela redemocratização encontrava-se em alto grau.

Naquele então, em Foz do Iguaçu apenas dois partidos faziam o trabalho de oposição, especificamente lutando contra as leis de exceção impostas pela ditadura. Era revogação da Lei de Segurança Nacional, eleições livres e diretas em todos os níveis, liberdade de imprensa e legalização dos partidos comunistas.

Quem levantava essas bandeiras em nível local eram o PMDB e PDT. O PMDB era o partido com maior estrutura e portanto encontrava-se na linha de frente nas lutas pela restauração da democracia. O PT estava nascendo e seu núcleo inicial durante um bom tempo ficou restrito ao canteiro de obras da hidrelétrica de Itaipu.

O documento anexo  é de autoria da Divisão de Polícia Federal de Foz do Iguaçu, e nele são descritas as atividades do Setor Jovem do PMDB, que naquela ocasião puxava as atividades do Comitê pela Revogação da Lei de Segurança Nacional, pela  qual o jornalista Juvêncio Mazzarollo, encontrava-se preso. No informe são citadas diversas pessoas que militavam na JPMDB e a maioria encontra-se morando em Foz do Iguaçu e sem atividade política partidária.

Documento Revelado:00300/83-SI/DPF.1/FI/PR

Origem: Divisão de Polícia Federal de Foz do Iguaçu

Seção de Informações 

Data: 21.10.1983

PB Nº 255/83-SI/SR/DPF/PR

SI/DPF.1/PR

SI/SR/DPF/PR

Fundo:Arquivo da Polícia Federal, Divisão de Foz do Iguaçu/PR  

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *