Top
CondorForças ArmadasGeralMortos e DesaparecidosOperação CondorOutrosTorturas

COMISSÃO DA VERDADE COMPROVA DESAPARECIMENTO DE EDMUR PÉRICLES PELAS MÃOS DA AERONÁUTICA

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) divulgou estudo reconhecendo que o desaparecimento do comunista Edmur Péricles Camargo, conhecido como Gauchão, em 1971, foi provocado por homens da Força Aérea Brasileira (FAB)

Na época, o Brasil enfrentava o auge da repressão sob a batuta do general Emilio Garrastazu Médici. A Argentina era governada por Roberto Marcelo Levingston, um dos três militares que implantaram uma ditadura no país entre 1966 e 1973 – antes do regime que, com uma breve pausa peronista, seria imposto pela Junta Militar entre 1976 e 1983 para vitimar mais de 30 mil pessoas, entre mortos e desaparecidos. A famigerada Operação Condor, espécie de coordenação internacional entre as ditaduras do Cone Sul que sequestrou e eliminou mutuamente seus opositores, apenas se formalizaria em 1975. Isso não impediu, porém, que os governos militares brasileiros e argentinos, quatro anos antes, se articulassem para deter Edmur – e sumir com seu corpo.

Edmur ingressou no Partido Comunista Brasileiro (PCB) em 1944; a partir de 1946 passou a trabalhar no Sindicato dos Armadores, no Rio de Janeiro e, em 1952, trabalhou como jornalista em “A Tribuna Gaúcha”, órgão de imprensa do PCB, em Porto Alegre, RS. Com o golpe de 1964, refugiou-se no Uruguai. Voltou para o Brasil e refugiou-se, em 1967, numa chácara do Partido em Ferraz de Vasconcelos, freqüentada pelos militantes da Ala Marighella, como Joaquim Câmara Ferreira e Nestor Veras. Na VI Conferência do Partido, em 07/67, em Campinas, SP, Luiz Carlos Prestes perdeu o controle da direção estadual em São Paulo, para Carlos Marighella. Em 04/69, Edmur resolveu desligar-se do grupo Marighella e foi para Porto Alegre, onde organizou o grupo Marighella, Mao Tsé-Tung, Marx e Guevara (M3-G)

 http://www.scribd.com/doc/124898658/CNV-23-Edmur-Pericles-Camargo

 

 

Compartilhe:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *