Top
CondorDenúnciasForças ArmadasFoz do IguaçuOperação CondorRepressãoTorturasVPR

TESTEMUNHA REVELA DETALHES DA EXECUCAO DE ONOFRE PINTO PARA A COMISSAO NACIONAL DA VERDADE

http://pt.scribd.com/doc/155440626/Informe-PF-Onofre-Pinto

http://pt.scribd.com/doc/155440556/Onofre

A Coordenadora da Comissão Nacional da Verdade, advogada Rosa Cardoso, ouviu no dia 28 de junho, o depoimento do policial civil e ex-agente do Centro de Informações do Exército, Otavio Rainolfo da Silva.

Rosa Cardoso esteve em Foz do Iguaçu nos dias 27 e 28, ocasião em que a CNV realizou audiência publica, quando foram ouvidas diversas vitimas de graves violações ocorridas na tríplice.

O depoimento de Otavio Rainolfo foi feito de forma reservada a seu pedido, com a justificativa de que ele não queria encarar o público presente no auditório onde se realizou a audiência pública

Ranolfo confirmou que trabalhou para a repressão da ditadura e foi o motorista da operação militar que atraiu cinco militantes da Vanguarda Popular Revolucionária para dentro do Parque Nacional do Iguaçu. Disse que Daniel e Joel de Carvalho, José Lavechia, Victor Ramos e Enrique Ruggia foram executados a sangue frio e que Onofre Pinto foi levado para Foz do Iguaçu e torturado numa casa que antes estava localizada nas proximidades da Capitania dos Portos do Rio Paraná. Nesse local os militares tentaram extrair novas informações do ex-comandante da VPR, ate que receberam ordens de matá-lo e sumir com o corpo. Segundo Rainolfo, Onofre foi assassinado com uma injeção de Shelltox e seu corpo foi jogado num afluente do Rio Paraná.

Compartilhe:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *