Certidão fornecida pela Auditoria da Marinha

Compartilhe:

Quando saiu a Anistia eu estava clandestino no Rio de Janeiro. Andava sem documentos, pois havia queimado os falsos que eu carregava.

Para poder viajar eu pedi ao meu irmão  Evaldo para solicitar uma certidão de anistiado. Foi o meu salvo-conduto para voltar à Foz do Iguaçu e me encontrar com a minha mulher e filha Florita.

 

Compartilhe:

Aluizio Palmar

Os documentos dos arquivos da ditadura devem ser vistos com o olho crítico da dúvida, pois foram escritos por pessoas treinadas para mentir, contrainformar, caluniar, prender, torturar e matar.
Espero que Documentos Revelados contribua para a compressão dos acontecimentos das décadas passadas, dos métodos de controle usados pelo Estado Policial e estimule os visitantes a ter um compromisso ativo com a democracia.
Documentos Revelados é resultado de anos de garimpagem em arquivos públicos e particulares, de caixas e pastas, repletas de mandados de prisão, informes,radiogramas, ofícios, dossiês,relatórios e outros tipos de documentos produzidos pela burocracia policial.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *