Top

Dissertacoes

Dissertacoes

JORNAL NOSSO TEMPO E ITAIPU: DISPUTAS POLÍTICAS EM FOZ DO ...

JORNAL NOSSO TEMPO E ITAIPU: DISPUTAS POLÍTICAS EM FOZ DO IGUAÇU (1980-1983) Renato Muchiuti Aranha (UDESC)itaipu-e-jnt
DissertacoesTrabalhos e dissertacoes

A DOPS E A REPRESSÃO AO MOVIMENTO ESTUDANTIL EM CURITIBA ...

Andréia Zaparte O presente pesquisa busca compreender o engendramento da repressão institucionalizada contra o movimento estudantil, ...
AméricaCondorDissertacoesOperação CondorRepressãoTrabalhos e dissertacoes

AS CONEXÕES REPRESSIVAS NO CONE SUL 1960-1990): TERRORISMO DE ESTADO ...

Silva, Jussaramar da. As conexões repressivas no Cone Sul (1960-1990): Terrorismo de Estado em conexão internacional. ...
ciexDissertacoesTrabalhos e dissertacoes

UM ESPIÃO INFILTRADO NA COMUNIDADE DE ASILADOS BRASILEIROS NO URUGUAI: ...

ANANDA SIMÕES TRABALHO APRESENTADO NAS III JORNADAS DE TRABAJO SOBRE EXILADOS POLITICPS DO CONO SUR NO ...
ciexDissertacoesForças ArmadasMinistérios

OS ARQUIVOS DO CENTRO DE INFORMAÇÕES DO EXTERIOR (CIEX). O ...

Os Arquivos do Centro de Informações do Exterior (CIEX) O elo perdido da repressão Pio Penna ...
DissertacoesFoz do IguaçuFundo Foz do IguaçuTrabalhos e dissertacoes

“O POVO DO ABISMO”: TRABALHADORES E O APARATO REPRESSIVO ...

Dissertação  de  Mestrado  apresentada  como  requisito parcial à obtenção do título de Mestre em História, pelo Programa  de  Pós-Graduação  em  História,  Poder  e Práticas Sociais, da Universidade Estadual do Oeste do  Paraná Valdir Sessi     Esta  dissertação  objetiva  estudar  a  organização  e  a  atuação  dos  aparelhos  repressores,  formados  pelas Agências  de  Segurança  da  Itaipu  Binacional  e  pelo  Consórcio  UNICON,  durante  o  período  de  1974  a Para  a  realização  desta    pesquisa,    foram  selecionadas    ocorrências  que    envolviam  os  trabalhadores   e   produzidas   pelas   secretarias   dessas   mesmas   agências,   além   de   narrativas   de trabalhadores  e  guardas  de  segurança,  pertencentes  a  esses  aparelhos.  Neste  sentido,  o  estudo  inicia-se com  a  discussão  acerca  da  origem  militar  dos  agentes,  bem  como  sobre  a  militarização  dos  corpos  de segurança  de  cada  uma  delas.  Esta  discussão,  presente  no  primeiro  capítulo,  permitiu,  ao  longo  do estudo,  aproximar  o  aparelhamento  militar  da   ditadura   vigente   à  atuação  das   referidas  agências. Assim,  a  incidência  de  torturas  contra  os  trabalhadores,  no  Canteiro  de  Obras  e  nas  áreas  destinadas  à moradia  dos  trabalhadores,  era  endossada  por  um  poder  mais  amplo  e  que  transcendia  o  próprio Canteiro  de  Obras.  Neste  contexto,  percebe-se  que  a  formação  militarizada  ou  paramilitar  desses ...
AESI ItaipuDissertacoesFundo Foz do IguaçuGeral

DAS TERRAS DOS ÍNDIOS A ...

2013_marialuciabrantdecarvalho FOTOS AGÊNCIA PÚBLICA DAS  TERRAS  DOS  ÍNDIOS  A  ÍNDIOS  SEM  TERRAS   O  ESTADO  E  OS  GUARANI  DO  OCO’Y:   VIOLÊNCIA,  SILÊNCIO  E  LUTA   Maria  Lucia  Brant  de  Carvalho   Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em  Geografia  Humana  do  Departamento  de Geografia  da  Faculdade  de  Filosofia,  Letras  e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, para obtenção do título de Doutora em Geografia. “Entre 2001 e ...
DissertacoesDivisão de CensuraGeralLuta pela AnistiaPolícia FederalTrabalhos e dissertacoes

CÁLICE DRIBLOU O CALE-SE DA DITADURA MILITAR

afasta-de-mim-esse-calice-chico-buarque-e-a-censura-no-brasil-pos-1964_nalva_roberto   “Cálice” foi composta para o show Phono 73, que a gravadora Phonogram (atual Universal) ...
DissertacoesFundo Foz do IguaçuLuta no CampoParaguaiParaguaios

BRASIGUAIOS: UMA IDENTIDADE NA FRONTEIRA BRASIL/PARAGUAI¹

brasiguiaos
AESI ItaipuDissertacoesGeral

TRABALHADORES E O APARATO REPRESSIVO DURANTE A CONSTRUÇÃO DA HIDRELÉTRICA ...

TRABALHADORES E O APARATO REP RESSIVO DURANTE A CONSTRUÇÃO DA HIDRELÉTRICA DE ITAIPU VALDIR SESSI POVO ...